Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
81 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O CORDEL ESTÁ MADURO -- 23/01/2009 - 12:05 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151909613752900


O CORDEL ESTÁ MADURO
Silva Filho



Se é fruto importado
Eu nem quero discutir
Pois estou a extrair
Um sabor qualificado.
Talvez parente do Fado
Que encanta Portugal
Se tem sangue madrigal
Qualquer dia eu apuro
O CORDEL ESTÁ MADURO
E NÃO MAIS É SAZONAL.


O cordel abriu espaço
E já tem sua vitrina
Tem Recanto, tem Usina
No Orkut tem regaço.
O cordel prendeu no laço
Trovadores de quintal
Que por via digital
Desistiram do escuro
O CORDEL ESTÁ MADURO
E NÃO MAIS É SAZONAL.


O Brasil não se esquece
Dos grandes nomes da rima
Que fizeram obra-prima
Pra enriquecer a messe.
Mas o verso não fenece
Mesmo sendo de cristal
Com seu veio cultural
Tem obreiros do futuro
O CORDEL ESTÁ MADURO
E NÃO MAIS É SAZONAL.


O cordel só se ressente
De maior entrosamento
Pra fazer o seu fomento
Ter perene a corrente.
Falta um elo resistente
De canal para canal
Que possa formar coral
Demolindo qualquer muro
O CORDEL ESTÁ MADURO
E NÃO MAIS É SAZONAL.

/aasf/
MOTE E GLOSA: Silva Filho


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 518 vezesFale com o autor