Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
199 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59060 )

Cartas ( 21235)

Contos (13083)

Cordel (10287)

Crônicas (22190)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46422)

Humor (19255)

Infantil (4425)

Infanto Juvenil (3684)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138173)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->TERREIRO VIRTUAL -- 20/01/2009 - 12:28 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151908940474200

TERREIRO VIRTUAL
Silva Filho



Pra ter mais cores na vida
Pra ter mais vida na mente
Pra plantar boa semente
O cordel vem dar guarida.
Com a verve enternecida
O verso tem seu fanal
Sem erro gramatical
Pois nem mais existe trema
BOM MESMO É FAZER POEMA
NO TERREIRO VIRTUAL.


Pois que venham todos bardos
Sem que haja distinção
Vale aqui qualquer refrão
Ou talvez alguns brocardos.
Esqueçamos nossos fardos
Pra formar um cabedal
Ninguém quer ser imortal
Mas ninguém fica sem tema
BOM MESMO É FAZER POEMA
NO TERREIRO VIRTUAL.


Pra compor a Confraria
Nós já temos a Usina
Onde o verso nos fascina
Quando mostra a magia.
Venha João, venha Maria
Quem está lá no quintal
Tecle um verso natural
Sem transformar em dilema
BOM MESMO É FAZER POEMA
NO TERREIRO VIRTUAL.

/aasf/
MOTE E GLOSA: Silva Filho


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 510 vezesFale com o autor