Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57369 )
Cartas ( 21181)
Contos (12598)
Cordel (10136)
Crônicas (22252)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44123)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2800)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138537)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4943)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O POETA PODE VIR ! -- 17/01/2009 - 20:19 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O POETA PODE VIR !
José de Sousa Dantas

Venha logo à PARAÍBA
que lhe chama e lhe espera,
lhe respeita e considera,
lhe coloca lá em riba,
não há lei que lhe proíba
de vir ao nosso lugar,
dar um show e declamar
para quem quer lhe ouvir.
O POETA pode vir
fazer versos e cantar.

Ganha a PARAÍBA inteira
ouvindo a voz do poeta,
numa diversão completa,
animada e de primeira,
vendo Daudeth Bandeira
com a viola a tocar,
de repente improvisar
juntamente com ALMIR.
O POETA pode vir
fazer versos e cantar.

Uma grande cantoria
com poetas, cordelistas,
cantadores, repentistas,
artistas da POESIA,
que cantam com maestria
e de uma forma exemplar,
para o povo apreciar,
brincar e se divertir.
O POETA pode vir
fazer versos e cantar.

Faço uma declaração
que há tempo prometi,
eu irei ao PIAUÍ,
para uma apresentação,
mostrar minha produção
e um novo livro lançar,
quero agora confirmar
e o meu desejo cumprir.
O POETA pode vir
fazer versos e cantar.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 66Exibido 591 vezesFale com o autor