Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
171 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59060 )

Cartas ( 21235)

Contos (13083)

Cordel (10287)

Crônicas (22190)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46422)

Humor (19255)

Infantil (4425)

Infanto Juvenil (3684)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138173)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O BRIO PEDE PASSAGEM -- 04/11/2008 - 10:59 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197870511167000
O BRIO PEDE PASSAGEM
Silva Filho


O país continental
Que tem nome de Brasil
Tem história, tem grandeza
E não pode ser servil
A parceiros impostores
Que maculam nosso anil.

São mais de quinhentos anos
De cultura e de trabalho
Sem faltar escravatura
Que impôs algum atalho
Mas a nação seguiu forte
Sem se deixar em retalho.

Se falamos outra língua
Na América Latina
Isso não vem por acaso
Deve ser a mão divina
Colocando este povo
Dentro duma nobre sina.

O Brasil tem vocação
Pra viver com liberdade
Já sofreu com ditadura
Sem perder a identidade
E jamais vai se curvar
Em qualquer dificuldade.

Há belezas naturais
E riquezas desmedidas
Grande fauna, nobre flora
Também robustas jazidas
Tem bacia hidrográfica
Com águas adormecidas.

Com seu vasto litoral
O Brasil causa cobiça
Em suas águas profundas
O petróleo despreguiça
Todo este cabedal
Ao país só faz justiça.

O Brasil tem carnaval
Com o tom da alegria
Tem riquezas no folclore
E tradições na Bahia
Pois ali os portugueses
Desembarcaram um dia.

Temos nome na Ciência
Temos nome no esporte
O Brasil tem alimentos
Demandados pelo Norte
Temos também a Floresta
Que à vida dá suporte.

Somos mais que a Bolívia
Junto com Venezuela
Cuba vai no contrapeso
Com sua triste seqüela
São histórias diferentes
Desprovidas de pinguela.

Que não fique o Brasil
Nivelado com nanicos
Sendo ele um gigante
Que não deve pagar micos
Seu status de grandeza
Deve povoar os picos.

Que não fiquem governantes
A grassar uma confusão
Com idéias pessoais
(Nada mais que opinião)
Como que diplomacia
Sem respaldo da Nação

A Nação pede bom senso
A qualquer um governante
No exercício do Cargo
De Primeiro Comandante
Vamos preservar o brio
E a força do gigante.

/aasf/




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 536 vezesFale com o autor