Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13081)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O MOTE QUE NÃO RIMA -- 30/10/2008 - 09:20 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197870615071100

O MOTE QUE NÃO RIMA
Silva Filho


Salve Deus a pátria amada
E também a juventude
Que todos tenham saúde
E a mente bem formada.
Paz na Terra - desejada
(Eis a primeira lição)
Cada um como irmão
Sem querer ser gabarola
VIOLÊNCIA NA ESCOLA
NÃO RIMA COM CIDADÃO

No jornal se vê matéria
De causar muito desgosto
Alguém sangrando no rosto
Numa briga deletéria.
É contenda muito séria
Em sala ou no saguão
Um colega mete a mão
E aquele rosto se esfola
VIOLÊNCIA NA ESCOLA
NÃO RIMA COM CIDADÃO

A Escola não se presta
Para campo de batalha
Pois o fogo se espalha
Traspassando qualquer fresta.
Sendo Escola modesta
Ou pra filho de ‘barão’
A meta de formação
Deve estar numa bitola
VIOLÊNCIA NA ESCOLA
NÃO RIMA COM CIDADÃO

Não deve o estudante
Praticar hostilidade
Perdendo urbanidade
Pra se tornar arrogante.
Não há futuro brilhante
Na vida do valentão
Porque debaixo do chão
Você deita, mas não rola
VIOLÊNCIA NA ESCOLA
NÃO RIMA COM CIDADÃO

Se assim continuar
Fomentando desavença
Desde já vem a descrença
No futuro a trilhar.
Que ninguém vá reclamar
Do crime sem dimensão
Que germinou num salão
Numa aula de marola
VIOLÊNCIA NA ESCOLA
NÃO RIMA COM CIDADÃO

/aasf/
MOTE E GLOSA: Silva Filho



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 894 vezesFale com o autor