Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
12 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57363 )
Cartas ( 21181)
Contos (12602)
Cordel (10135)
Crônicas (22251)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44118)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2799)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138535)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4942)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->QUANTO VALE SEU VOTO? -- 23/09/2008 - 17:07 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

QUANTO VALE O SEU VOTO?
(Por Germano Correia da Silva)


Amigos e concidadãos argutos
Que crêem na paz e no futuro
Que recolhem os seus tributos
"Que não ficam atrás do muro"
Não permitam que o mal cresça
Nem que façam a sua cabeça
Tampouco se metam em apuro

Basta que façam a sua parte
Ou até um pouquinho a mais
Tragam de volta quem reparte
Bem como quem sempre faz
Não queiram obter vantagem
E nem se metam em sacanagem
Já tem coisa errada demais...

Com coragem e persistência
Dêem crédito à pessoa certa
Nem cometam uma indecência
Optando pela mais “esperta”
Não esmurrem ponta de faca
Nem peitem o chifre da vaca
Suas “estradas” estão abertas

Deixem o cabresto encostado
Essa velha prática de antanho
Não pensem em mudar de lado
Formando um novo rebanho
Pensem bem o que vão fazer
Façam-no, por fim, acontecer
Seu poder não tem tamanho...

É preciso que acreditemos
Que iremos vencer cada luta
Mesmo que nos machuquemos
Lidando com essa gente astuta
Não vamos brincar com a sorte
Não dê seu voto por esporte
Marque sua presença na disputa

Façamos tudo bem direitinho
Conforme diz o mandamento
Sigamos por um bom caminho
Sem dor e sem sofrimento
Não vale a pena se apressar
Muito menos se complicar
Pra tudo existe seu momento

Gerencie o candidato eleito
E o plano por ele escolhido
Se ele não o fizer bem feito
Torne-o do público conhecido
O seu voto tem grande valor
Nunca se sinta um perdedor
E nem refém do seu partido

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 1320 vezesFale com o autor