Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
35 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13081)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CASTELOS DE AREIA -- 10/05/2005 - 16:27 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197872027625100


CASTELOS DE AREIA

Silva Filho





Um átimo... e o mundo rola em avalanche

Efêmera, segue a vida em sua metamorfose

Até montanhas em processo de desmanche

Imensuráveis temporais ofertados em doses.



Um ínterim, interregno, pedaços de tempo

Volatilidade é o que resta na paisagem

O meu relógio, preguiçoso, continua lento

Enquanto o elenco renova sua roupagem.



Absorto, indiferente a mutações constantes

Fico na areia branca a construir castelos

Em véu de espuma, a água deslumbrante

Esmaga meus sonhos - e tudo que anelo.



Também o amor requer suas fundações

Sem alicerce... só fachadas suntuosas

Delírios embalados em falsas emoções

E na ressaca... as implosões copiosas.



A ilusão nos faz acreditar em tudo

Até mesmo que um grande amor existe

Mas de repente... simulado... é um ludo

Um simples jogo que domina e persiste.



O tempo passa – enquanto a vida continua

Não só de areia o castelo se edifica

Depois do sol, bem mais bela vem a lua

E novos sonhos o futuro dulcifica.





/aasf/





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 433 vezesFale com o autor