Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
109 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59051 )

Cartas ( 21235)

Contos (13079)

Cordel (10287)

Crônicas (22189)

Discursos (3163)

Ensaios - (9406)

Erótico (13483)

Frases (46405)

Humor (19251)

Infantil (4424)

Infanto Juvenil (3679)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138156)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5502)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O ARTESÃO -- 02/05/2005 - 07:41 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151911262915600




O ARTESÃO

Silva Filho







Diz o poeta que do barro vem o verso

Como cerâmica – das mãos do artesão

De uma mina chamada Universo

Por um processo que se diz inspiração.



Tem procedência essa tese argilosa

Pela grandeza dentro da conotação

Moldar o verso é u’a arte melindrosa

Com essa forma que nos dá o coração.



Nobre matéria que dá vida ao poema

Bendito barro traduzido por fonema

Pura beleza dando estro ao artista.



Que nunca falte o produto na jazida

E a verve seja sempre mais abastecida

Já que o tropo tem um fundo realista.





aasf





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 403 vezesFale com o autor