Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
101 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59061 )

Cartas ( 21235)

Contos (13084)

Cordel (10287)

Crônicas (22192)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46425)

Humor (19256)

Infantil (4428)

Infanto Juvenil (3686)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138178)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ANÁLISE SINTÁTICA -- 06/04/2005 - 07:00 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151911760898900


ANÁLISE SINTÁTICA

Silva Filho





Sempre que vens a mim

Camuflada em letras sensuais

Sorvo-te pausadamente

E me detenho em tua plenitude

Na força de minha mente.



Toco-te letra por letra

Sigo as linhas sinuosas

Faço a análise sintática

Da estrutura sintética

Que me invade a alma.



Tomo-te literalmente

Nas diversas orações

Ou em sentido figurado

Ambíguo, codificado

Que me traz as sensações

De um amor coordenado.



Subordinada, minh alma

Faz-se predicado

Do sujeito oculto

Que esse amor representa.



Ou mesmo predicativo

Para os verbos

Ser

Estar

Ficar

Parecer

Permanecer

Que fazem a ligação

Dispensando conjunção

Para o nosso bem-querer.



aasf



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 530 vezesFale com o autor