Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
93 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->BOTÕES ORNAMENTAIS -- 28/03/2005 - 17:08 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197871947447000




BOTÕES ORNAMENTAIS

Autoria: Silva Filho







Tua roupa conivente

Não resiste ao meu assédio

Vou pegando e amassando

Vou pedindo privilégio.;

Quero ter a tua blusa

Distraída sem escusa

Sob mandamento régio.



Entre os botões desta blusa

Por um caminho estreito

Minha mão passa ilesa

Procurando por um peito.;

Do lado do coração

Faço a prospecção

Sentindo o ar rarefeito.



Tua roupa confidente

Não repele a ousadia

Deste amante inebriado

Por essência da magia.;

Os botões são ornamento

O tecido filamento

Que tua pele irradia.



Tua roupa é escudo

Que cuida do meu ciúme

Ofuscando os concorrentes

Guardando bem teu perfume.;

Mas na nossa intimidade

Já não tem utilidade

É nisso que se resume.



aasf.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 407 vezesFale com o autor