Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57517 )
Cartas ( 21184)
Contos (12611)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44292)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O sangue do Cordeiro -- 21/03/2005 - 13:26 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Te chamam de mentiroso sem te conhecer

criando teorias que o homem possa aceitar

não querem senão a própria fome saciar

caluniando o Nome que deveriam temer



O demônio espalha sua mensagem de demência

cujo maior locutor é o coração humano

que é lar do desejo, amargo e profano

pois se resume ao culto à carne e à aparência



Em breve haverá choro e ranger de dentes

e como na noite em que os primogênitos caíram

apenas o sangue do Cordeiro salvará



Neste dia, a própria morte dará as costas

aos que buscaram louvar apenas a si mesmos

semelhante ao anjo que, uma vez mais, cairá.



20 de março de 2005
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 313 vezesFale com o autor