Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
110 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59051 )

Cartas ( 21235)

Contos (13079)

Cordel (10287)

Crônicas (22189)

Discursos (3163)

Ensaios - (9406)

Erótico (13483)

Frases (46405)

Humor (19251)

Infantil (4424)

Infanto Juvenil (3679)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138156)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5502)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CHEIRO DE AMOR -- 15/03/2005 - 09:27 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.



CHEIRO DE AMOR

Autoria: Silva Filho



Vergam meus braços, com o peso da saudade

Talvez a metafísica nos justifique o fato

Sinto um perfume... o cheiro de amor invade

Enquanto neurônios revelam teu retrato.



Querer-te é um vício... e neste vício mergulho

Quedo-me à espera... ao teu inteiro dispor

Quaisquer pisadas, suspiros, ou até marulhos

Espargem sensação de um Cheiro de Amor.



Como tear enlouquecido, assim é minha mente

No fabrico ininterrupto de ousadas fantasias

Mas a matéria-prima, porém, continua ausente

E ausentes continuam os carinhos qu’eu queria.



A farejar-te sigo, como um hábil cão adestrado

Pois o teu cheiro íntimo me faz seguir eriçado

Lembrando a imagem que vai surgir de repente.



Passam-me cenas, enquanto alguém se desnuda

E minha carne treme, ante aquela imagem muda

Meu sangue se agita... perpassa tua carne quente.



aasf.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 469 vezesFale com o autor