Usina de Letras
Usina de Letras
12 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61956 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10258)

Erótico (13560)

Frases (50363)

Humor (19994)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140713)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Rodrigo -- 20/02/2005 - 00:23 (Ana Vitória Sampaio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Simplesmente você

Razão de bem querer

Alegria no coração

Pensamentos de solidão



Simplesmente você

Em alguns minutos de silêncio

Nasce um grande desejo

De possuir-te em meus seios

Até a ferida parar de doer



Simplesmente você

Apenas um sorriso

Um simples elogio

Pelo qual eu vivo e sempre

Hei de viver



Simplesmente você

Uma lágrima de saudade

A inaceitável conformidade

De amar-te em silêncio

De amaldiçoar o tempo

Que nos separou



Simplesmente você

Um pai, um marido

Um sonho perdido

O desejo vencido

Por um amor proibido



Simplesmente você

Que na escuridão desta sala

Hei de chorar minguaças

Por não poder te ter



Simplesmente você

Que está no meu coração

Que um dia despertou a paixão

Que modela os meus dias

De utopias vivas

No calabouço da perdição



Simplesmente você

Uma paixão

Um amor

Uma vida

(meu terror )

Um motivo pelo qual eu respiro

E o mesmo motivo que hei de morrer
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui