Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
216 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59012 )

Cartas ( 21232)

Contos (13078)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9397)

Erótico (13483)

Frases (46347)

Humor (19241)

Infantil (4418)

Infanto Juvenil (3659)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138114)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1941)

Textos Religiosos/Sermões (5486)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->RECADO NA PORTEIRA -- 09/05/2007 - 20:47 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151909266100500
RECADO NA PORTEIRA
Silva Filho



Eu já fui caminhoneiro
Pra levar a mulherada
Fiz amor pelas estradas
Perto do pneu traseiro.
Também fui um timoneiro
Navegando pela beira
Mas sonhando com besteira
Fui jogado nas salinas
Só vou trabalhar nas minas
Se ganhar uma mineira.


Fui caixeiro-viajante
Fui também Procurador
Procurei um grande amor
Nesse mundo discrepante.
Faroleiro – num mirante
Mais alto que ribanceira
Com minha mente faceira
Nadando noutras piscinas
Só vou trabalhar nas minas
Se ganhar uma mineira.


Hoje sou desempregado
Porque minha sina quer
Empregos que tem mulher
Não há um desocupado.
Então deixo meu recado
Pendurado na porteira
Largo tudo, largo a feira
E até mesmo as meninas
Já vou trabalhar nas minas
Pra ganhar uma mineira.


/aasf/
MOTE E GLOSA: Silva Filho



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 724 vezesFale com o autor