Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56917 )
Cartas ( 21164)
Contos (12585)
Cordel (10041)
Crônicas (22162)
Discursos (3133)
Ensaios - (8972)
Erótico (13389)
Frases (43440)
Humor (18410)
Infantil (3757)
Infanto Juvenil (2644)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138081)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2399)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4807)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->O que acontece no Brasil já não era esperado? -- 23/08/2019 - 22:58 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O que acontece no Brasil atualmente é novidade? É estranho que estejamos vendo o mundo se metendo nos nossos assuntos domésticos como se fossem de interesse próprio (não que não o sejam), que tenhamos um governo aparentemente apático e que mundo afora pareça ser comandado por um louco ditador? Eu diria que não. O que acontece atualmente é consequência de uma série de fatores que acabaram transformando o Brasil não só num paraíso pra tudo que existe de pior não só aqui como no mundo.

Voltando no tempo trinta e cinco anos, o que temos? Os mesmos caras que haviam sido presos, condenados e anistiados estavam tomando o poder. Sequestradores, assaltantes, assassinos, bem como intelectuais que se iriam mais tarde se tornar a linha de frente das universidades, ocupar veículos de imprensa e outros postos importantes, cargos públicos e, devidamente eleitos pela massa iletrada, deputados, vereadores e chefes do executivo em geral. Uma fase de completa falência moral, econômica e organizacional, com uma estrutura caminhando em direção à decadência, como já é de se esperar de um país que acabou de sair de um regime governamental, que alguns chamam de ditadura como se tivessem realmente passado por uma embora não fossem nem nascidos no período, e entra em outro, supostamente democrático, onde o voto é obrigatório, os direitos para os futuros criminosos se tornam abundantes, a população se torna cada vez mais refém de baixos salários, altos impostos, poucos empregos, educação deficiente, saúde inexistente e segurança pública ilusória, consequência de leis penais que deixam seus profissionais de mãos atadas, salários desestimulantes e consequente desmotivação, além de posições estratégicas ocupadas por corruptos nas esferas mais altas e mais baixas.

Paralelamente a isso temos pouco ou nenhum investimento nas forças armadas e de segurança pública, altos impostos que desencorajam empreendedores, leis trabalhistas com direitos demais e salários de menos, um país essencialmente agrícola e pecuaristas sem uma indústria forte o bastante para nos colocar frente a frente com o que existe de melhor mundo afora, incapaz de competir com o mercado internacional e total ausência de políticas sobre como utilizar ou defender os recursos fornecidos por nossa Amazônia, cuidadosamente cedida a governos aliados à esquerda e que exploram nossos recursos a torto e a direito devidamente assessorados por ong’s outrora financiados por seus aliados petistas.

Bolsonaro eleito, PT e seus capachos da esquerda começam a ser postos no seu devido lugar. Mas até então, qual o saldo? FHC já tinha dado o pontapé inicial desarmando a população, depois não só fomos desarmados como vimos ricos serem jogados contra pobres, negros contra brancos, homos contra héteros, crime ser transformado praticamente em profissão, o que era vergonha passou a ser ostentação, enfim, a total desestrutruração da sociedade, que hoje nos coloca como refém de qualquer sorte que algumas potências mundiais decidirem ser a nossa, bem como de um Congresso que não quer trabalhar em prol de nada que não sejam seus próprios interesses, como restos de uma política acostumada a viver à sombra da corrupção e de um povo acostumado não a decidir por si mas sempre a querer que o Estado tome a frente de tudo, e que quer o fim da corrupção mas que não sabe dar seta quando muda de pista ou sabe sequer o horário de pôr o lixo pra fora... ou mesmo os impostos que paga quando vai ao supermercado. Como resultado de tudo isso, manobras foram devidamente feitas, ONG’s devidamente posicionadas, imprensa devidamente estruturada, idiotas úteis movidos a pão com mortadela, supostos movimentos sociais de invasores de terras e imóveis alheios e universidades equipadas com doutores a postos e prontos para educar idiotas de mente vazia desesperados para se autoafirmar estão mais em ação do que nunca, pois as tetas começaram a secar, as verbas foram cortadas e o único meio de acabar com isso é tirar do caminho quem está tentando pôr ordem na casa que muitos querem ver bagunçada, pois é só assim que se consegue algum lucro.  Sendo assim, segue o tumulto e os tumultuadores vão pagar de salvadores da Amazônia ou do que quer que seja, com todo o romantismo que se pode invocar pra que a massa acredite que eles realmente são os heróis da história. 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 14 vezesFale com o autor