Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
92 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55913 )
Cartas ( 21109)
Contos (12416)
Cordel (9752)
Crônicas (21604)
Discursos (3119)
Ensaios - (9947)
Erótico (13171)
Frases (41000)
Humor (17611)
Infantil (3597)
Infanto Juvenil (2322)
Letras de Música (5434)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136475)
Redação (2883)
Roteiro de Filme ou Novela (1047)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4424)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->palavras soltas -- 10/06/2003 - 14:38 (VALMIR JOSE NUNES VIANA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Uma vitória estende-se a relva
Transborda de caminho a alma
Sim sou um filho de Deus
Sinto uma luz abraçando-me
Em meus nervos o vinho da vida.
No meu cantar pássaros a olhar
Divina arte das cores,
Um ser penetra nas palavra
E surge poemas no ar
Pois na aragem existe
Música sublime a força.
São os olhos luz compondo
Pensamento do poeta a poesia,
Peço a liberdade alimento
Para o povo do fôlego
Agora percebo construir
O homem espelho de um pai
A natureza em um lugar
Baixando a mão da fé.
Os amores são únicos
No peito do ser
Os milhões solicitam
O nome verdade
Pacifico da paz.


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui