Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
96 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54939 )
Cartas ( 21059)
Contos (12120)
Cordel (9541)
Crônicas (21128)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39893)
Humor (17551)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5413)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135641)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4195)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A FAMOSA "MELHOR IDADE" -- 06/04/2002 - 00:04 (Marcial Armando Salaverry) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A FAMOSA "MELHOR IDADE" Marcial Salaverry

O tema em epígrafe tem duas finalidades, a primeira é ensinar a todos os amigos, (e amigas, claro), principalmente aos "entistas", qual o verdadeiro segredo para se atingir a longevidade, isto é, o verdadeiro segredo para se viver bastante (só que, para aumentar o suspense, vou deixar para contar este segredo no fim). E é um segredo cobiçado por todos os jovens. Justamente é um segredo, como direi... secreto.
Pode ser considerada como "melhor idade", principalmente para aqueles que ainda tem boa disposição para esportes, para passeios, para viver, enfim.
Há que se saber juntar à experiência adquirida com os anos de vida uma grande vontade de viver.
Vejam que os jovens sempre dizem: "Puxa, gostaria de chegar à sua idade com a sua disposição"...então, é ou não, a melhor idade ? sermos invejados pelos jovens. Chega a ser estimulante.
A outra finalidade é lembrar que todos somos o que se pode chamar velhos amigos, pois basta 1 mês de emaillações, para a amizade atingir graus bem mais íntimos e elevados do que com 1 ano de convívio direto.
Realmente é muito interessante o que ocorre com a Internet. A rapidez com que descobrimos certas afinidades com pessoas que até ontem sequer ouvimos falar, e, de repente, não mais que de repente, e-mail prá cá, e-mail prá cá, já dá impressão de que conhecemos a pessoa há muito tempo, falando por vezes até de problemas pessoais, buscando até mesmo soluções para coisas que nos incomodam. Curioso, muito curioso.
Sem se falar que o convívio direto não nos dá oportunidade de pensar 1 segundo sequer na resposta a ser dada. Vai daí que, por vezes agredimos os interlocutores gratuitamente. Sem dizer-se que, no "tête a tête", somos por vezes obrigados, por educação, a aguentar cada papo chato...já que não é possível deletar-se a figura à nossa frente.
Vou sugerir ao meu discípulo Bill, que procure desenvolver um programa para que possamos deletar algo (o carro da frente, por ex.) ou alguém cuja presença nos esteja incomodando.
Agora, emaillatòriamente, quando vemos que chegou o e-mail daquele chato, pronto, basta deletar, e não lemos nada do que não queremos. Ou então, quando formos responder, podemos fazê-lo de uma maneira pensada e educada, e não pura e simplesmente dizer o que realmente pensamos...
Venho notando um número cada vez maior de "entistas" utilizando a Internet. Descobrimos que este é um excelente meio de comunicação, que sempre permite não só fazer novas e gostosas amizades, como também reatar velhas amizades afastadas fisicamente.
Bem, isto posto, e, em defesa dos entistas plenos de vida e quero transcrever aqui um velho (e bota velho nisso) provérbio chinês: QUANTO MAIS ANTIGA A ÁRVORE, MELHOR É A SUA SOMBRA, E MAIOR A SUA PROTEÇÃO.
E bota verdade linda nesse provérbio.

Como? Propaganda enganosa? Não contei o segredo da longevidade?
Ora...não falei que contaria no fim? Então. Agora estamos no fim. Aqui vai o segredo da longevidade, guardado através dos séculos, pelo inefável "guru da Montanha sagrada":
Se quiseres viver muitos e muitos anos, basta fazer uma coisa: NÃO MORRER...

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui