Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
60 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54786 )
Cartas ( 21052)
Contos (12082)
Cordel (9480)
Crônicas (21040)
Discursos (3104)
Ensaios - (9893)
Erótico (13117)
Frases (39763)
Humor (17540)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2307)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135496)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4164)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->ERROS E ACERTOS -- 04/04/2002 - 22:50 (Marcial Armando Salaverry) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
ERROS E ACERTOS Marcial Salaverry

Vejam bem amigos, a África não é só leões, elefantes, alegres aventureiros, e... africanos. Também existe alguma sabedoria lá. De minhas lembranças, trago um provérbio africano muito interessante, que diz: Nunca são esquecidas as lições aprendidas na dor.
Quanta verdade existe nessas palavras... Realmente, ao "levarmos uma paulada na moleira", aprendemos que não devemos repetir o mesmo erro (errare humanum est, mas reincidirem em errum, burrarum est).
O interessante, é que é difícil enxergarmos que tal caminho, tal atitude pode magoar alguém que seja um pouco mais sensível que outros, e insistimos nesse erro, nessa atitude, até que, por vezes ferimos esse alguém de uma forma tal que fica bem mais difícil consertar a besteira cometida. Uma resposta brusca sem razão, uma brincadeira mal colocada, por vezes magoa muito. Agora, quando reparamos que o mal foi cometido e tratamos de corrigi-lo faz algum sentido, da mesma maneira que gostamos de ver uma mudança de atitude em quem nos magoa.
Quando sofremos algum revés, temos que ter a sabedoria de aprender a lição que a vida nos deu e, ao invés de nos lamentarmos com o azar que nos atingiu, devemos é verificar se não fomos nós os errados, ao insistir num projeto, numa atitude inadequada.
Bem crianças, fica aqui a lição trazida da África, nunca beije um leão na boca... não, não é bem essa, se bem que também é útil. A lição é : vejam a extensão de seus erros, e procurem não repeti-los...
Veja quanta sabedoria: Envelhecer depois dos 90, é diferente do envelhecer depois dos 50 ou 60: envelhecemos sem nos sentirmos ofendidos... Tem outra vantagem adicional, ou seja, se conseguimos "envelhecer depois dos 90, é porque chegamos lá..."

Marcial Salaverry
direitos autorais reservados
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui