Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
129 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56946 )
Cartas ( 21165)
Contos (12585)
Cordel (10046)
Crônicas (22172)
Discursos (3133)
Ensaios - (8976)
Erótico (13389)
Frases (43465)
Humor (18422)
Infantil (3758)
Infanto Juvenil (2650)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138129)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4812)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Do governo JK até a Revolução de 1964: Análise histórica -- 02/04/2013 - 09:59 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
 
"Relembrando 31 de março de 1964" - Texto da lavra de Cel. Manuel Cambeses Jr

Um texto enxuto, mas com ótimas referências bibliográficas do meu amigo e grande historiador Cel Cambeses, piloto de escol da nossa FAB. Recomendo. Marco Balbi

 

Prezado(a)s amigo(a)s,

A gênese da benfazeja Contra-Revolução de 31 de março de 1964 nos remete a uma série de nefastos acontecimentos que iniciam com a renúncia do presidente Jânio Quadros e a consequente oposição dos ministros militares à posse do vice-presidente João Goulart. 

A grave crise institucional que se seguiu foi inicialmente contornada pela adoção do regime parlamentar e, mais tarde, pelo plebiscito que restituiu o presidencialismo, ocasião em que Jango assume a Presidência da República.

No entanto, a crise nunca fora completamente resolvida tendo sido aprofundada de maneira decisiva pela forma com que o governo João Goulart sucumbia frente à subversão comunista, o que fica claramente evidenciado pela análise que apresentamos no trabalho intitulado “Do Governo JK até a Revolução de 1964: uma breve análise histórica”, publicado na seção Assuntos Estratégicos - Pág. 3do site www.reservaer.com.br. (Vide link abaixo referenciado).

Faz-se mister ressaltar que  a contra-revolução de 1964 se insere como uma reação ao que denominamos “segunda tentativa de tomada do poder pelos comunistas”. A primeira, se refere à fracassada Intentona Comunista de 1935, enquanto que a terceira se refere à luta armada que se seguiu ao regime militar e cujo objetivo era impor à nação uma ditadura comunista como admitem Jacob Gorender, um conhecido comunista, e Daniel Aarão Reis, ex-militante do MR-8.

Com estima e um cordial abraço,

Cambeses

               (*) Vide link abaixo referenciado:

 
 
Obs.: Aos leitores que recebem automaticamente os textos postados por mim em Usina de Letras, e que não conseguem abrir os links da relação de títulos, sugiro que acessem o endereço abaixo - http://www.usinadeletras.com.br/exibelotextoautor.php?user=FSFVIGHM (F. Maier).

Leia os textos de Félix Maier acessando o blog e sites abaixo:

PIRACEMA - Nadando contra a corrente

Mídia Sem Máscara

Netsaber

Usina de Letras

 

Para conhecer a história do terrorismo esquerdista no Brasil, acesse:

Wikipédia do Terrorismo no Brasil

 

TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA NO BRASIL:

Por Reinaldo Azevedo - Blog da revista Veja

TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA 1

TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA 2
TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA 3

TODAS AS PESSOAS MORTAS POR TERRORISTAS DE ESQUERDA 4

Para conhecer o terrorismo biológico de petistas contra plantações de cacau no Sul da Bahia clique em

http://veja.abril.com.br/210606/p_060.html

Leia sobre o Movimento Militar de 31 de Março de 1964: O Cruzeiro - 10 de abril de 1964 - Edição extra

Leia sobre os antecedentes do Movimento de 1964 em Guerrilha comunista no Brasil e Apoio de Cuba à luta armada no Brasil: o treinamento guerrilheiro

Leia Julgamentos da Contrarrevolução de 1964 – Rachel de Queiroz, Roberto Marinho, Editorial do JB e Luiz Inácio Lula da Silva

Faça o download do ORVIL – Tentativas de Tomada do Poder: http://www.averdadesufocada.com/images/orvil/orvil_completo.pdf

(já disponível em livro - http://www.editoraschoba.com.br/detalhe-livro.php?id=281)

 

Editorial de O GLOBO - 02 de abril de 1964 - RESSURGE A DEMOCRACIA

Julgamento da revolução - Roberto Marinho

 

Ainda:

 

A nação que se salvou a si mesma

Artigo especial escaneado da Revista Reader& 39;s Digest de Novembro de 1964

Clarence W. Hall - Redator do The Reader& 39;s Digest

http://www.club33.com.br/v3/us/arquivos/A%20Na%C3%A7%C3%A3o%20Que%20Se%20Salvou%20a%20Si%20Mesma.pdf

 Os discursos de celebração da Revolução de 1964

Artigo de Lucileide Costa Cardoso (2011)

http://www.scielo.br/pdf/rbh/v31n62/a08v31n62.pdf

 A nação que se salvou a si mesma

Entre Memória e História, a Campanha da Mulher pela Democracia (1962-1974)

Dissertação de Janaina Martins Cordeiro (2008)

http://www.bdtd.ndc.uff.br/tde_arquivos/6/TDE-2009-03-16T130859Z-1881/Publico/Dissert-2008_CORDEIRO_Janaina_Martins-S.pdf

 

"Quando todas as armas forem propriedade do governo e dos bandidos, estes decidirão de quem serão as outras propriedades" (Benjamin Franklin).

 

 

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 491Exibido 134 vezesFale com o autor