Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56743 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10007)
Crônicas (22137)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43221)
Humor (18341)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2602)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4730)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Sistema métrico da intolerância -- 21/08/2008 - 17:41 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sistema métrico da intolerância

Félix Maier

Como se poderia medir a intolerância? Os astrônomos resolveram facilmente seu sistema de medição de distâncias fantásticas do cosmos, estabelecendo o ano-luz como unidade métrica. As estrelas não ficaram mais próximas, porém os cálculos foram simplificados ao máximo.

Para medir a intolerância ocorrida nos últimos séculos, eu proponho que seja criado um sistema métrico para tal fim. Para medir o número de pessoas vitimadas pelo nazismo e, especialmente, pelo comunismo, poder-se-ia criar o 'pol pot' como unidade métrica: 1 pol pot = 2 milhões de mortos. Afinal, Pol Pot foi um dos mais ferozes tiranos do século XX, ao lado de Hitler, Stálin e Mao Tsé-Tung, promoveu uma carnificina de 2 milhões de pessoas no pequenino Camboja, seu próprio país. Seria, pois, uma justa homenagem ao facínora.

Assim, teríamos:

- Santa Inquisição: 0,018 pol pot (em torno de 36.000 pessoas foram queimadas vivas em autos-da-fé da Inquisição, da Igreja Católica; os consistórios protestantes e calvinistas também fizeram churrasquinho de gente, porém em número menor);

- “Reino do Terror”: 0,02 pol pot (em torno de 40.000 pessoas foram mortas durante o período revolucionário francês - 1793-98 -, sob a liderança de Robespierre, Marat, Fouché e Saint-Just, quando ocorreram 300.000 prisões);

- “Arma da Fome”: 2 pol pots (genocídio inglês contra a Irlanda: a partir das “Leis do Milho”, de 1828, reduziu a população irlandesa, de 8 para 4 milhões de habitantes);

- Massacre de chineses: 10 pol pots (Executado pelos “Rebeldes dos Cabelos Longos”, liderados a partir de 1874 por Hung Hsiu-Chuan, contra o Imperador da Dinastia Manchu. Os Rebeldes tinham uma interpretação radical do Cristianismo, exigiam a submissão total do Estado a uma única religião.);

- Massacre de armênios cristãos: 0,75 pol pot (executado pelos turcos otomanos durante a I Guerra Mundial);

- “Arma da Fome”: 4 pol pot (cerca de 8 milhões de ucranianos foram exterminados por Stalin);

- Guerra Civil Espanhola: 0,5 pol pot (franquistas contra republicanos e comunistas);

- Alemanha nazista: 30 pol pots (incluindo os 3 pol pots do Holocausto judeu);

- Holocausto judeu: 3 pol pots;

- Hiroshima e Nagazaki: 0,1 pol pot (bombas atômicas americanas, em 1945 - incluindo os mortos posteriores, por contaminação radioativa);

- Guerra do Vietnã: 0,75 pol pot (auge da Guerra Fria);

- Guerras americanas: 2 pol pots (I GM, II GM, Guerra da Coréia, Guerra do Vietnã, Guerra do Afeganistão, Guerra do Iraque);

- China comunista: 32,5 pol pots (somente a Revolução Cultural = 5 pol pots);

- Revolução Cultural: 5 pol pots (China comunista);

- Massacre de tibetanos: 0,6 pol pot (promovido pela China comunista);

- União Soviética: 15 pol pots (guerra civil, 'Arma da Fome', genocídio dos Kulaks, Gulag etc.);

- Expansionismo japonês na China: 10 pol pots (durante a II Guerra Mundial);

- Cobaias chinesas: 0,1 pol pot (vítimas dos japoneses na II Guerra Mundial, em pesquisa para desenvolvimento de armas biológicas);

- Camboja comunista: 1 pol pot (origem do sistema métrico);

- Coréia do Norte comunista: 1 pol pot (enquanto o ditador Kim Jong II desfruta de piscina com ondas em seu palácio, cerca de 2 milhões de norte-coreanos morreram de fome nos anos de 1997 a 2002);

- Afeganistão: 0,75 pol pot (guerra civil, contra a União Soviética; como conseqüência, surgiram os Talibãs);

- Leste Europeu comunista: 0,5 pol pot;

- América Latina: 0,15 pol pot (Cuba, Nicarágua, El Salvador, Honduras, Costa Rica, Colômbia, Peru, Chile, Argentina, Brasil; todas as guerrilhas sul-americanas foram filhotes da OLAS, de Fidel Castro);

- Guerra civil no Sudão: 1 pol pot (fundamentalistas islâmicos contra cristãos e animistas);

- Guerra civil na Etiópia, em Angola e em Moçambique: 1 pol pot (ecos da Guerra Fria);

- Massacre de Ruanda: 0,4 pol pot (etnia hutus contra etnia tutsis);

- Guerra civil brasileira atual: 160 mil mortos/ano, sendo 110 mil no trânsito e 50 mil à bala: em 10 anos, teremos 0,6 pol pot (dados de 2000);

- Comunismo no mundo: 55 pol pots (segundo 'O Livro Negro do Comunismo'): intolerância ainda em andamento. Segundo o Papa João Paulo II, em sua história de 2000 anos, o Cristianismo teve cerca de 60 milhões de mártires, sendo que 27 milhões sob o jugo comunista.


Veja em 'Arquivos I - Uma história da Intolerância', em Usina de Letras, de minha autoria, os verbetes Anistia, Arma da Fome, Campo de concentração, CDR, CSI, Desaparecidos políticos, Diplomacia de cruzeiro, Dissidentes, Escolas de subversão e espionagem, Guerras americanas, Guerra Civil Espanhola, Gulag, Holocausto, Hospitais psiquiátricos, Inquisição, Instituto 631, Kmer Vermelho, Macartismo, Massacre de Ruanda, Muro de Berlim, NAZI, OLAS, Organizações subversivas brasileiras, OSPAAAL, PCCh, Pinar del Río, Racismo, Rebeldes dos Cabelos Longos, Revolução, Revolução Cubana, Revolução Cultural, Revolução de 1968, Revolução Russa, Síndrome de Nova York, STASI, Talibã, Terror, Terrorismo, Tortura e UMAP.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 489Exibido 1954 vezesFale com o autor