Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56704 )
Cartas ( 21159)
Contos (12581)
Cordel (10002)
Crônicas (22133)
Discursos (3130)
Ensaios - (8932)
Erótico (13376)
Frases (43175)
Humor (18330)
Infantil (3738)
Infanto Juvenil (2590)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137936)
Redação (2914)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4707)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Lembrando o 11 de setembro -- 09/10/2007 - 09:09 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Oi Gente,

Ainda revendo meus e-mails de 2003 repasso isso novamente porque acho interessante o que eu traduzí para o Português. .

Isto é um pouco longo mas vale a pena lêr. Para os que não conhecem o jornal “Daily Mirror” de London, este é um jornal notoriamente esquerdista que geralmente não é muito amigo dos Estados Unidos. O artigo abaixo foi escrito por Tony Parsons, editor daquele jornal:

No dia 11 de Setembro de 2001 o mundo inteiro assistiu, ao vivo, um show extraordinário: A chacina em massa de milhares de pessôas na televisão. Como mais uma lição de crueldades diabólicas da raça humana, os acontecimentos de 11 de Setembro se comparam com os que causaram a montanha de esqueletos de Pol Pot na Cambódia ou os milhões de esqueletos do Holocausto empilhados como lixo nos campos de concentração nazistas ou as atrocidades nos porôes do infame edifício Lubyanka da KGB em Moscow ou os milhares de cadáveres encontrados nos campos de despejo de Butova nas visinhanças de Moscow ou, finalmente, os milhões de infelizes que morreram nos infames Gulags.

O infame ataque às Torres Gêmeas, tendo sido tão cruel e premeditado com minuciosos detalhes de impiedade certamente deveria ter causado o mundo inteiro a concordar que “Ninguem merece infâmia tão cruel como aquela!” Certamente todos concordariam que as vítimas eram completamente inocentes e os executores completamente diabólicos. Mas para uma grande vergonha mundial, os acontecimentos de 11 de Setembro vêm agora gradualmente sendo vistos como coisa que os Estados Unidos mereceram.

Inacreditavelmente, o anti-Americanismo tem aumentado desde então. Aquí na Inglaterra sempre existiu, no fundo, um ressentimento contra os Americanos: Muito espalhafatosos, muito ricos, muito cheios de si mesmos e muito mais felizes que os Europeus. Mas esta atitude agora tornou-se epidêmica e isto me parece um absurdo. Mais do que isso, é para mim uma atitude repugnante. Os Estados Unidos são o maior amigo da Inglaterra além de ser o Aliado de maior confiança. Nós estamos unidos à América pela cultura, pela língua e pelo nosso sangue. A pouco mais de cincoenta anos atrás (a Segunda Guerra Mundial) mais de 500 mil Americanos morreram para nos dar Liberdade. Já esquecemos disso tão cedo?

Naquele dia fatídico de 11 de Setembro milhares de homens, mulheres e crianças – não somente Americanos mas muitos estrangeiros - dos quais 95 eram Brasileiros – foram chacinados por um pequeno grupo de fanáticos Mussulmanos. Sômos nós tão prestes a negar solidariedade às vítimas? A coisa mais tocante sobre os que morreram nas Torres Gêmeas e nos quatro aviões é que nós conhecemos muitos deles: jovens pais e mães, filho ou filha de alguem, maridos, esposas, crianças e bebês que ainda nem haviam nascido. Todos aqueles pobre coitados mereceram morrer? É por acaso a América culpada daquela horripilante chacina tão meticulosamente planejada? Incrivel como pareça, uma pessôa agora não precisa estar trabalhando num empoarado buraco em Kabul ou Karachi ou Finsbury Park para acreditar que América é o “Grande Satã !” A grande aliança anti-Americana é composta de comunistas ou babacas que se deixam engabelar acreditando na grande mentira marxista e tambem por gente conservativa que morre de inveja da única potência mundial que pode fazer o que quizer sem pedir permissão a ninguem mas que no entanto pede. .

A verdade é que os Estados Unidos têm se restringido incrivelmente desde 11 de Setembro.

Lembrem-se das emocionantes vozes dos maridos chamando pelo celular as esposas e contando que os terroristas tomaram contrôle dos aviões e dizendo: “Eu lhe Amo muito” antes de morrerem estraçalhados. Lembrem-se dos pobres coitados saltando para a morte das Torres transformadas em verdadeiro Inferno muito mais realístico que o “Inferno de Dante”. Lembrem-se das centenas de bombeiros que morreram soterrados tentando salvar os milhares de pobre coitados engolfados por labaredas gigantes. Lembrem-se do sorriso da linda criança que estava num dos aviões com a mãe dela.

Lembrem, lembrem de tudo isso e realizem que os Estados Unidos não retalharam da maneira que podiam ter retalhado.

Só alguns elementos da al-Qaeda foram metidos na cadeia sem processo. Me dêm um lenço, por favor! Tambem, no Afghanistan, numa recepção de casamento, alguns foram metralhados por terem sidos atirados em celebração, dizem eles, com sub-metralhadoras automaticas nos aviões Americanos que estavam sobrevoando a região. Na próxima vez eles deveriam usar confeti somente para celebrar o casamento.

Os Estados Unidos poderiam ter reduzido uma grande área do mundo a um vasto lote baldio se eles quisessem. O fato que não reduziram dá um exemplo admirável do que é ter uma compostura honrada. Mesmo dentro dos Estados Unidos agora se ouvem vozes que são contra um possível ataque ao Iraq. Isto demonstra o grau de democracia que todos gozam naquele País extraordinário.

Quantos no mundo Muçulmano tiveram UM minuto de silêncio pelos inocentes chacinados em 11 de Setembro? Quantos líderes Muçulmanos tiveram a coragem de denunciar o massacre de 11 de Setembro? Quando a notícia da chacina chegou na Palestina o povo dançou nas ruas num júbilo frenético! (Em Brasilia também...) Os Estados Unidos assistiram tudo na televisão e mesmo assim não apertaram o botão.

Nós deveriamos dar graças a DEUS que os Estados Unidos é a Nação mais poderosa do mundo. Eu ainda acho ser inacreditavel que 11 de Setembro não tenha provocado uma guerra total: não simplesmente “guerra ao terrorismo” mas GUERRA REAL ! ! ! Lembrem que o simples assassinato do Arquiduque da Austria em Serajevo na Servia em Junho de 1914 desencadeou a terrivel Primeira Grande Guerra que era para “acabar com todas as guerras”. .

Os fanáticos Muçulmanos estão falando em abrir as porteiras do Inferno se os Estados Unidos atacarem o Iraq.

Os Estados Unidos poderiam abrir as porteiras do Inferno como ninguem pode imaginar uma vez que é indisputavelmente a Nação mais poderosa do mundo. A campanha no Afghanistan pode não ter sido muito perfeita e a guerra planejada no Iraq pode ter falhas mas não ponham a culpa nos Estados Unidos por quererem trazer a Luz e a Paz naqueles Países bagunçados. Quantas democracias existem no Oriente Médio ou no mundo Arabe? Podem contar aqueles Paises nos dedos de uma mão mesmo que tenham alguns cortados por terem roubado alguma porcaria. . Eu amo os Estados Unidos. Isso me faz um cachorrinho do Bush. Mas eu prefiro ser um cachorro nas ruas de New York do que um Príncipe em Ryadh. Acima de tudo, todo mundo odeia os Estados Unidos porque é uma Nação que todos gostariam de pertencer: Rica, Livre, Forte, Aberta e Otimista. Uma Nação que não é desgastada pelo passado ou por fanaticismo religioso ou por um sistema de Castas. . América é o melhor amigo que a Inglaterra teve e é melhor começarmos a lembrar disso. . .

Ou talvez alguns de vocês pensam que o USA é realmente a causa de todos os males? Se é este o caso, procurem dizer isso aos entes queridos dos homens e mulheres que se jogaram das Torres sendo devoradas por chamas. . Digam isso para as mães amamentando os filhinhos enquanto os respectivos maridos estavam morrendo num dos aviões ou foram estraçalhados pelas Torres desmoronando. . E digam tambem para as centenas das jovens viuvas cujos maridos trabalhavam como bombeiros para a cidade de New York. . Para nossa grande vergonha, a midia agora publica artigos muito piores contra George W. Bush dos que publica sobre Saddam Hussein. . Antes nos disseram que Saddam matou milhares de Kurdos com gás venenoso, torturou seus próprios cidadãos e organizou campo de estupro em Kuwait. Agora nos dizem que ele é um homem respeitavel. . .Oh! meu DEUS me dêem a poltrona do meio por favor!

Lembrem muito bem: Uma das maiores atrocidades foi cometida contra os Estados Unidos.

Lembrem disso, ou melhor ainda, NUNCA ESQUEÇAM ! ! !


Eloy Franco (dos EUA)


Obs.: Se os EUA fossem realmente o 'Grande Satã', como dizem os muçulmanos, antes de atacar o Afeganistão eles teriam jogado uma bomba de hidrogênio na cidade de Meca, para contrabalançar a queda das torres gêmeas e o estrago no Pentágono. O resto é papo furado de terrorista fanático e de antiamericanista babaca. Os EUA fizeram o correto, atacando o Afeganistão, onde estavam homiziados os terroristas comandados por Bin Laden que atacaram os EUA, porém se equivocaram ao bombardear o Iraque, pois o verdadeiro 'eixo do mal' passa por Teerã e Damasco, não por Bagdá (F. Maier).



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui