Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
35 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56725 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22134)
Discursos (3130)
Ensaios - (8936)
Erótico (13378)
Frases (43203)
Humor (18336)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2597)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137949)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4724)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->O suicídio da Águia - Segunda Parte -- 02/05/2007 - 16:41 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O suicídio da Águia - Segunda Parte

por Heitor De Paola em 29 de abril de 2007

© 2007 MidiaSemMascara.org


“BUILDING A NORTH AMERICAN COMMUNITY”

Em 2005 uma Força Tarefa do CFR ( CFR Independent Task Force), co-patrocinada pelo Canadian Council of Chief Executives e pelo Consejo Mexicano de Asuntos Internacionales, apresentou o relatório com o título acima [10] no qual em 70 páginas detalha todos os passos já tomados e por tomar para a integração dos três países. Uma das recomendações é colocar em prática já em 2010 uma estrutura trilateral integrada, necessária para realizar as funções da União Norte Americana aos moldes da União Européia. Por estranha coincidência o modelo é exatamente o mesmo utilizado lá. Entre as várias metas recomendadas pelo Relatório, estão:


1. Estruturar um perímetro comum de segurança até 2010;


2. Desenvolver um plano de ação de fronteiras unificado visando “harmonizar” os regulamentos de vistos e asilo, os procedimentos de entrada e saída de pessoas, mercadorias e navios. Partilhar dados de estrangeiros e desenvolver mecanismos para inspeções conjuntas do tráfego marítimo e aéreo, expandir a infra-estrutura do controle de fronteiras visando lançar as bases para uma maior liberdade de fluxo de pessoas na América do Norte;


3. Expandir o NORAD (North American Aerospace Defense Command) para atendimento também aos setores terrestre e marítimo de toda América do Norte;


4. Incrementar a troca de informações e inteligência nos níveis militares e policiais;


5. Aumentar a capacidade do NADBank (North American Development Bank); (atentem para este ponto já abordado anteriormente: a ação dos grandes banqueiros internacionais via bancos pseudo-estatais por eles controlados).


6. Tornar a América do Norte mais engajada com a defesa de um meio ambiente mais limpo. (Abordarei este item separadamente já que se trata da segunda provável causa mortis da águia. Chamo a atenção para o fato de todo o relatório se referir a metas para a América do Norte, jamais citando os países nominalmente).


Um dos Vice-Chairmen da Força Tarefa é Robert Pastor, um especialista em relações internacionais do Partido Democrata, ex-assessor dos Presidentes Carter e Clinton e está associado à entrega do Canal do Panamá. É Diretor do Center for North American Studies at American University. Ele nega peremptoriamente que faça parte de uma “vasta conspiração” para subverter a soberania americana, admitindo somente defender uma união informal dos três países. Não obstante, é de sua autoria o livro Towards a North American Community publicado em 2001. Numa Conferência no último dia 16 de fevereiro dedicada ao desenvolvimento de um sistema legal Norte-Americano Pastor, usando na lapela um broche com a bandeira abaixo, auto-explicativa




sugeriu criar um Fundo de Investimento Norte-Americano de 200 bilhões de dólares (os banqueiros internacionais agradecem ao contribuinte americano pela gentileza!) para ajudar o México a “acabar com a pobreza”, mas realmente para criar um cartão de identificação biométrica para toda a América do Norte. Pastor também propôs a criação de um grupo de trabalho legislativo trilateral que seria o primeiro estágio para um futuro Parlamento Norte-Americano. No livro que escreveu ele se apresenta como “um residente nos EUA”, não como um cidadão americano, considerando a noção de cidadania “fora de moda”. A organização que serve de assessoria ao SPP e a todas as conferências e grupos, o Council of the Americas, tem como Chairman Honorário David Rockfeller e os membros da diretoria pertencem a grandes corporações, como Merck, PepsiCo, McDonald, Ford, Citibank, IBM, Wal-Mart, Exxon Mobil. Além destes, a General Electric, proprietária da NBC News e da MSNBC, e o grupo Time Warner ao qual pertencem a CNN e a Time Inc., o que explica o silêncio profundo da mídia.


Não é de se estranhar que a conferência tenha sido co-patrocinada por entidades ligadas diretamente ao Conselho Econômico e Social da ONU. Nem que o centro dirigido por Pastor tenha recebido fundos bilionários da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, também da ONU, a maior interessada em acabar com todas as soberanias nacionais para que seu Governo Mundial reine absoluto. [11]


A TEXAS NAFTA HIGHWAY


Em março de 2005 foi assinado um acordo para construir o TTC-35 (TransTexas Corridor) High Priority Corridor, uma super-estrada com a largura de quatro campos de futebol americano com dez pistas, paralelo à atual Interstate I-35, que futuramente se estenderá desde Montreal até o sul do México (ver mapa).




Para um mapa mais detalhado:

http://www.nascocorridor.com/


O contrato de construção do TTC foi assinado pelo Departamento de Transporte do Texas com duas construtoras: a Zachry Construction Corp., de San Antonio, Texas, e a Cintra Concesiones de Infraestructuras de Transporte S A, pertencente ao Grupo Ferrovial, com sede em Madrid e de propriedade do Rei Juan Carlos.


Esta informação abre novas oportunidades de investigação sobre a participação ativíssima das Casas Reais européias na construção de um Governo Mundial. Não se pode esquecer que o Fundador do Bilderberg Club foi o Príncipe Bernard, da Holanda, que escreveu:


“É difícil re-educar as pessoas que foram criadas no nacionalismo. É muito difícil convencê-las a renunciar a uma parte da sua soberania em favor de uma instituição supranacional”.




10. http://www.cfr.org/content/publications/attachments/NorthAmerica_TF_final.pdf

11. Grande parte das informações desta seção foram tiradas de artigos de Cliff Kincaid, Diretor da Accuracy in Media e podem ser encontradas no site www.aim.org

Leia também O suicídio da Águia - Primeira Parte


(*) O autor é escritor e comentarista político, membro da International Psychoanalytical Association e Clinical Consultant, Boyer House Foundation, Berkeley, Califórnia, e Membro do Board of Directors da Drug Watch International. Possui trabalhos publicados no Brasil e exterior. E é ex-militante da organização comunista clandestina, Ação Popular (AP).

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 489Exibido 579 vezesFale com o autor