Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
28 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57164 )
Cartas ( 21140)
Contos (12558)
Cordel (9907)
Crônicas (21997)
Discursos (3126)
Ensaios - (10095)
Erótico (13282)
Frases (42398)
Humor (18011)
Infantil (3659)
Infanto Juvenil (2421)
Letras de Música (5457)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137461)
Redação (2895)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4564)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->A pureza da verdade -- 22/09/2003 - 18:12 (MARIA PETRONILHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




Vai passando em vão a vida
de todo o que não pensa
que metal não é fortuna
e riqueza não compensa


vivem da exploração
prometem faltam não dão
é tudo ilusão vazio

arrotam uns arrogância
e morre tanta criança
de fome doença e frio

fazem honras ao Natal
quem há-de levar a mal
faz parte da tradição

mas a dizer a verdade
brinham bolas de vaidade
na árvore no salão

porque não há-de viver
a gente que deve ser
dona do nosso destino

enquanto
alguns desprdiçam
tanto mal fazem cobiçãm
vai sofrendo o Deus Menino

será que a simplicidade
a pureza da verdade
só salta aos olhos meus?

vivem os homens tremendo
vivem as mulheres chorando
assim choras tu e eu

não haverá consciência
um pouquinho de decência
um amar puro e fraterno

e os ricos nos dão esmolas
para não gastar as solas
a caminho do Inferno!



27/12/2002


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui