Usina de Letras
Usina de Letras
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

Artigos ( 53413 )
Cartas ( 21496)
Contos (12823)
Cordel (9281)
Crônicas (20526)
Discursos (3151)
Ensaios - (10303)
Erótico (21382)
Frases (43837)
Humor (22051)
Infantil (4568)
Infanto Juvenil (3268)
Letras de Música (5695)
Peça de Teatro (1373)
Poesias (139661)
Redação (2962)
Roteiro de Filme ou Novela (1092)
Teses / Monologos (2638)
Textos Jurídicos (2135)
Textos Religiosos/Sermões (4066)




= SERVIÇOS =
Patrocine um Autor
Vitrine
Copia CD
Facilidades para o QA
Nossa Proposta
Fale Conosco
Nota Legal
 




 
Busca | Placar | Assine/Renove | Quadro de Avisos: 1 2 | Ajuda | Autores | Central do Autor | Contato | Logoff
Serviços: Patrocine um Autor ou Texto | Vitrine | Cópia de seus Textos | | Publique seu E-BOOK|

Receba um aviso sempre que este autor publicar novos textos, clique aqui
Artigos-->BRASIL SÉCULO XIX – PERÍODO JOANINO -- 12/03/2011 - 12:32 (edson pereira bueno leal)
Este autor concorda com o uso dos seus textos, desde que informem a autoria e o local da divulgação.
Patrocine esse Autor Patrocine esse Texto envie este texto para um amigoveja outros textos deste autor
BRASIL SÉCULO XIX – PERÍODO JOANINO

Edson Pereira Bueno Leal , março de 2011 .


CHEGADA DA FAMÍLIA REAL AO RIO DE JANEIRO

A chegada de milhares de nobres em março de 1808 , em uma cidade com 60.000 habitantes . foi um tumulto . A família real foi alojada no centro da cidade em três prédios ( o Paço dos Vice-Reis , a Casa da Câmara e a Cadeia ) , depois de colocar na rua o vice-rei , Marcos de Noronha , o conde dos Arcos. Nestas casas se acomodaram o príncipe e a princesa , que há anos não viviam juntos , os filhos e centenas de criados .
Os prédios foram reformados , caiados , pintados , forrados e construídas passarelas , para os fidalgos não pisarem na lama .
A rainha louca Maria e comitiva foi instalada no convento das carmelitas , após terem sido retiradas todas as internas Os demais se espalharam pela cidade em 150 das mais nobres da época , confiscadas para alojar a corte sendo pintadas na porta as letras P.R. – príncipe regente , traduzidas pelo povo como ponha-se na rua ou prédio roubado . Para a acomodação da família real e ampliação do que seria o palácio da corte , foram desalojados além dos carmelitas , “os desembargadores do Tribunal da Relação , os presos da cadeia pública , a fábrica da Casa da Moeda e, depois o teatro de Manoel Luiz Ferreira “. ( Cavalcanti, Nereu , F S P, Mais , 25.11.2007 , p.11) .
As casas tinham aluguel pago pela Corte , mas de acordo com o último imposto predial , que evidentemente estava muito abaixo da realidade , criando fortes ressentimentos entre brasileiros e portugueses .
"Quem furta pouco é ladrão . Quem furta muito é barão . Quem mais furta e esconde , Passa de barão a visconde " . ( Versos anônimos , Rio de Janeiro , 1808 ) . Porem , segundo Nireu Cavalcante, “não existem mais de 150 processos de confisco registrados nos arquivos oficiais . “
O Rio de Janeiro era uma cidade acanhada, poeirenta e provinciana . No final do século 18 , o conde de Resende ( vice-rei de 1790-1801) , iniciou a implantação da rede de iluminação pública com lampião alimentado com óleo de baleia , nos logradouros circunvizinhos ao largo do Paço, atual praça Quinze . O povo gostou ! Sob pressão popular e empresarial , os lampiões se espalharam por toda a cidade e subúrbios cujos moradores tinham prestígio em meio ao poder imperial . ( Nireu Cavalcanti, F S P , 15.11.2009, Mais , p. 10) .
Com o dinheiro de grandes comerciantes , o intendente de polícia Paulo Fernandes Viana , de 1808 a 1821 alargou calçadas , instalou iluminação a óleo de baleia , instalou chafarizes , aterrou manguezais , aumentou a área urbana . A cidade se civilizou . Surgiram livrarias , hospedarias e casas de pasto ( restaurantes ) , impensáveis anteriormente , quando as famílias praticamente não saiam de casa .,
A população do Rio de Janeiro dobrou até 1821 , chegando a 112.000 habitantes . Em 1991 , o Campo de Santana foi iluminado experimentalmente , com 16 postes com energia elétrica e lâmpadas de arco voltaico, criação do engenheiro russo Pavel Iablochkov , três anos após a primeira experiência em Londres . Em 8 de outubro de 1892 , começou a circular o primeiro bonde movido a eletricidade . ( F s P , 15.11.2009, Mais p. 10) .



ABERTURA DOS PORTOS

A abertura dos portos ocorreu com a assinatura da Carta Régia em 28 de janeiro de 1808 ainda em Salvador .
José Francisco Lisboa, o futuro Visconde de Cairu . discípulo e tradutor de Adam Smith , era o mais alto funcionário da Coroa responsável pelo comércio e a agricultura na Bahia e foi o homem que mais influiu na decisão do ponto de vista intelectual e de assessoria . Salvador estava com seus armazéns abarrotados do açúcar da safra , pois os navios haviam sido proibidos de partir desde a ocupação francesa de Portugal . A representação dos homens de negócio , levada ao príncipe , pelo governador , Conde da Ponte , é que desencadeou o processo , finalizado poucos dias após a chegada a Salvador de D, João VI.
A medida , considerada como o marco zero da fundação da nacionalidade brasileira , encerrou o velho sistema exclusivista da época colonial e deu início ao liberalismo econômico no Brasil.
Portanto , embora tenham sido beneficiados pela medida , não foram os ingleses os autores ou inspiradores do decreto . Os ingleses queriam um porto exclusivo , de preferência na ilha de Santa Catarina , a fim de melhor dominar o contrabando para as colônias espanholas do Prata e do Pacífico , porto exclusivo que D, João rejeitou . Por dois anos o Brasil poderá praticar o comércio internacional em pé de igualdade com todos os países . Esta liberdade durou pouco , pois os tratados de 1810 deram ´à Inglaterra tratamento mais favorável que aos próprios lusitanos . ( Ricupero, Rubens , F S P , 11.11.2007 , p. B-4) .
Os ingleses todavia tinham grande interesse econômico em controlar o Brasil pois em 1796 , “ só o Brasil fornecia a Lisboa 85% de suas importações coloniais , número que chegou a 88% em 1806 . Seria um desastre para a Inglaterra que esse mercado caísse nas mãos dos franceses “ . ( Malerba, Jurandir . F S P , Mais 20.01.2008, p. 10) .
Extinção do monopólio colonial. Início do processo de independência . Favoreceu proprietários rurais exportadores e contrariou os interesses dos comerciantes portugueses e provocou grandes protestos no Rio de Janeiro e em Lisboa . Eliminou Portugal do comércio com o Brasil . significou na prática a abertura à entrada de manufaturados ingleses . Com esta medida o Rio de Janeiro ficou abarrotado de mercadorias inglesas : algodão, panos, louças , ferragens , tudo podia ser encontrado . resultado déficit comercial que será coberto com empréstimos ingleses .
O Rio de Janeiro transforma-se no “empório do Atlântico Sul , sendo encontradas mercadorias de toda a Europa , África e Ásia . A corte lusa com isso conseguiu recursos para se manter . Mesmo as exportações de Buenos Aires e Montevidéu passavam pelo Rio, devido ás perturbações platinas .
" As ruas estão em geral , repletas de mercadorias inglesas . A cada porta as palavras `Superfino de Londres` saltam aos olhos : algodão estampado , panos largos , louça de barro , mas , acima de tudo, ferragens de Birmigham , podem ser obtidas nas lojas do Brasil a um preço um pouco mais alto do que em nossa terra ". Descrição das lojas do Rio de Janeiro , feita por Graham , uma inglesa que veio ao Brasil em 1821 .
A redução da tarifa média de 48 para 24% aumentou em muito o fluxo de produtos importados sem a contrapartida do aumento das exportações, gerando apreciável déficit comercial que começará a ser coberto com capital estrangeiro na forma de empréstimo.
A abertura dos portos ocorrerá efetivamente após 1814 . De 1808 a 1814 a Inglaterra exerce um virtual monopólio mercantil no Brasil e durante este período aproveita para consolidar definitivamente seu mercado.
As Leis
1591: decreto fecha os portos do Brasil aos navios estrangeiros.
1603: o governo português decreta o monopólio real da pesca da baleia.
1642: a Coroa portuguesa estabelece o monopólio sobre o tabaco.
1658: é imposto pela Coroa o monopólio do sal.
1682: o governo português cria a Companhia de comércio do Maranhão.
1731: Carta Régia estabelece o monopólio sobre a extração de diamantes.
1785: o governo português proíbe as manufaturas de tecidos no Brasil.
A Carta Régia
[...]”Primo: que sejam admissíveis nas Alfândegas do Brasil todos e quaisquer gêneros, fazendas e mercadorias transportadas, ou em navios estrangeiros das Potências, que se conservam em paz e harmonia com a minha leal Coroa, ou em navios dos meus vassalos,
[...] Segundo: que não só os meus vassalos, mas também os sobreditos estrangeiros possam exportar para os Portos, que bem lhes parecer a benefício do comércio e agricultura, que tanto desejo promover, todos e quaisquer gêneros e produções coloniais, a exceção do pau-brasil, ou outros notoriamente estancados.[...]”
(Carta Régia de 28 de janeiro de 1808, promulgada pelo príncipe regente D. João.)
“De tudo trouxeram os ingleses desde as primeiras viagens: fazendas de algodão, lã e seda; peças de vestuário, alimentos, artigos de armarinho, móveis, vidros, cristais, louça, porcelanas, panelas de ferro, cutelaria, quinquilharias, carruagens etc. O mercado brasileiro abria-se no momento em que a maioria dos outros mercados tradicionais estavam fechados para a Grã-Bretanha, de modo que os comerciantes ingleses logo exportaram quantidades enormes de mercadoria, acima da capacidade de absorção do mercado brasileiro. O desejo de solucionar esse problema (...) é responsável pelo aspecto que tomaram as exportações para o Brasil em 1808-1809. Olga Pantaleão, A presença inglesa
“O comércio da Bahia é muito ativo; esta cidade serve de entreposto para os produtos do sertão, que por ela se exportam para as diversas partes do mundo; motivo pelo qual se encontram em seu porto navios de todas as nacionalidades. (...) Os habitantes das costas vizinhas trazem todos os produtos de suas plantações para a capital, a fim de trocá-los por mercadorias de diversos países. Essas trocas constantes e ativas rapidamente fizeram da Bahia uma importante cidade, que parece exceder de muito, em tamanho, o Rio de Janeiro. “ (Príncipe Maximiliano Wied Neuwvied. Viagem ao Brasil, 1820.) . O texto demonstra que em 1820 Salvador ainda era uma cidade muito importante e permite constatar também o efeito da abertura dos portos pelo fato do autor citar chegarem ao porto navios de todas as nacionalidades , ou seja havia desaparecido o monopólio português.

TRATADOS DE 1810

Navegação e comércio e aliança e amizade . Transferiram a dependência brasileira de Portugal para a Inglaterra . Estabeleceram tarifas privilegiadas para manufaturas inglesas 15% , portuguesas 16% e demais 24% . A curto prazo barateou as mercadorias , pois a produção inglesa já era industrial , mas efeitos negativos a longo prazo pelo desequilíbrio na balança comercial . Extraterritorialidade – tribunais especiais para cidadãos ingleses , com juizes ingleses . Autorizada a permanência de esquadra inglesa no Brasil . Não instalação da inquisição no brasil e extinção gradual do trabalho escravo
Os tratados de 1810 praticamente revogam o decreto de 1808 e dão precedência aos interesses ingleses nos negócios brasileiros , mesmo sobre os portugueses .
Sob o discurso enganador da abertura liberal , os ingleses queriam direitos preferenciais sem a reciprocidade de acesso ao mercado inglês e conseguiram com os tratados desiguais , onde conseguiram tratamento mais favorável que os próprios lusitanos .
Como consequência dos tratados , declina verticalmente o comércio português com o Brasil . De 810 navios aportados no Rio de Janeiro aportados em 1805, este número caiu para 57 em 1820.
Para Palmela , a real incorporação dos portos brasileiros ao comércio inglês seria " na forma e no fundo o mais lesivo e o mais desigual que jamais se contraiu entre duas nações independentes . "



PRINCIPAIS MEDIDAS TOMADAS POR D JOÃO

Criou-se aparelho de governo . centro de decisões muda de Lisboa para o Rio de Janeiro . Porém início com burocracia inútil , privilégios e corporativismo irá caracterizar esta estrutura projetando-se para o futuro negativamente .
D. João não podia adotar em toda a extensão os princípios do liberalismo econômico pois isto significaria destruir as próprias bases em que se apoiava a Coroa . Por outro lado , manter intacto o sistema colonial também era impossível face às novas condições criadas. Por esta razão, as ,medidas tomadas no período acentuaram as divergências entre a elite nacional , os interesses e exigências britânicos e as necessidades dos comerciantes metropolitanos .

Conforme assinala Hipólito da Costa : " O governo do Brasil , arranjou-se exatamente pelo Almanaque de Lisboa , sem nenhuma atenção ao país em que se estabelecia . Mostra , por exemplo, o Almanaque, em Lisboa , um Desembargo do Paço , um Conselho da Fazenda , uma Junta do Comércio , etc; portanto quer o Brasil careça destes estabelecimentos , quer não, erigiram-se no Rio de Janeiro, logo que a Corte ali chegou, um Desembargo do Paço , um Conselho da Fazenda e uma Junta do Comércio . Precisava-se , porém , pela natureza do País , de um Conselho de Minas , uma Inspeção para a abertura de estradas , uma Redação de Mapas , um Exame de navegação dos rios , e muitas outras medidas próprias do lugar . Mas , nada disso se arranja , porque tais coisas não aparecem no Almanaque de Lisboa . Remediar-se-ia isto mudando os atuais relógios e substituindo-lhes outros ? A nosso opinião é que não , porque a substituição seria dos mesmos elementos , isto é , escolher-se-iam para ministros homens da mesma classe , que são conhecidos somente por serem cortesãos e não por seus talentos como estadistas . Os homens de ciência , e não cortesãos , não tem modo algum de serem conhecidos e chamados para o governo de seu país. " ( Rizzini , Carlos . Hipólito da Costa e O Correio Brasiliense . São Paulo . Cia Editora Nacional , 1957 , p. 146 e 147 ) .
O historiador Evaldo Cabral de Mello enfatiza que “ a corte portuguesa que aqui chegou era uma corte parasita , que explorava as Províncias para manter a mesma estrutura que tinha na Europa . Nem sequer houve um esforço de adaptar a máquina administrativa a uma nova situação , a uma extensão territorial tão grande . ( F S P, Mais ,25.11.2007 , p. 5) .


OUTRAS MEDIDAS

Criação de um aparelho de Estado- Orgãos de governo , civis, administrativos , judiciários e militares . Ministérios , repartições públicas , tribunais , unidades do exército e da marinha, organismos policiais .
Estímulo à agro-indústria açucareira pela concessão de créditos via banco do brasil e pela proibição do confisco dos engenhos por dívidas.
Banco do Brasil
Criação do Banco do Brasil em 1808 não como instituição creditícia , mas como instrumento de finanças do tesouro real para cobrir suas despesas . Ao imprimir papel moeda sem lastro inaugurou a inflação no Brasil.
INÍCIO DE INDUSTRIALIZAÇÃO

Alvará de Liberdade Industrial , revogando o Alvará de D Maria I de 1785 que proibia a instalação de manufaturas no brasil , anulado em parte pela concorrência inglesa devido às taxas favorecidas .
"Eu o príncipe Regente falo saber aos que o presente Alvará virem : Que desejando promover a adiantar a riqueza nacional ; e vendo um dos mananciais dela as Manufaturas e a Indústria , que multiplicam e melhoram e dão mais valor aos Gêneros e produtos da agricultura , das Artes , e aumentam a população , dando de fazer a muitos braços , e fornecendo meios de subsistência a muitos dos meus vassalos , que por falta se entregariam aos vícios da ociosidade! E convindo remover todos os obstáculos , que podem inutilizar e frustrar tão vantajosos proveitos ! Sou servido abolir e revogar toda e qualquer proibição que haja a este respeito no Estado do Brasil e nos Meus Domínios Ultramarinos ; e ordenar que daqui em diante seja lícito a qualquer dos meus Vassalos , qualquer que seja o país em que habitem , estabelecer todo o gênero de manufaturas , sem excetuar alguma , fazendo os seus trabalhos em pequeno , ou em grande , como entenderem que mais lhes convém , para o que hei por bem derrogar o Alvará de cinco de janeiro de mil setecentos e oitenta e cinco , e quaisquer leis , ou ordens , que o contrário decidem ... dado no Palácio do Rio de Janeiro em primeiro de abril de 1808 .
Outras medidas foram tomadas : isenção de impostos aduaneiros para matérias primas importadas e manufaturas exportadas . Tropas só usariam fardamentos nacionais . Prometiam-se privilégios aos inventores de novas máquinas e prêmios às manufaturas de lã, algodão e seda.
D. João determinou a criação de estaleiros navais e fábrica de armas e munição.
Em 4 de dezembro de 1810 ordenou a montagem urgente de uma usina siderúrgica em Ipanema , perto de Sorocaba . D João contratou o alemão Varnhagen para fazer a pesquisa destinada à criação da primeira siderúrgica .
Porém , para administrar a indústria D. João contratou profissionais luteranos , liderados por Hedberg, um empresário sueco endividado .Hedberg veio com o primeiro contrato de trabalhador livre no Brasil . e trouxe seu grupo, além de livros e equipamentos para montar um laboratório . Na Europa ainda havia perseguições religiosas , mas o regente as ignorou , pois sabia que eram os protestantes , os que tinham tecnologia .
O questão da religião criou uma situação interessante . No contrato de trabalho de Hedberg constavam os direitos religiosos . Em 27.2.1881 morreu de escorbuto o carpinteiro Jonas Bergman . O único cemitério de Sorocaba era o da Matriz e o padre deu o caixão conforme o costume . Porém, Varnhagen espalhou pela cidade que esse grupo estrangeiro era protestante e os católicos tiraram o defunto da terra , jogaram-no na rua e cobraram pelo caixão . Como no contrato estava escrito que teriam liberdade religiosa , recorreram a D. João VI, que fez a primeira lei de liberdade religiosa do Brasil,[ a carta régia ] em agosto de 1811 , e daí foi inaugurado o primeiro cemitério protestante no Brasil em 1811 . Com isso houve em Sorocaba uma liberdade religiosa que não havia em nenhum outro lugar do Brasil . A Carta de 1811 foi a primeira norma a regular a tolerância religiosa prevista pelo Tratado de Comércio e Navegação de 1810 .
Em 1814 , quando Hedberg mal tinha dinheiro para pagar seus credores , uma enchente inundou a fábrica que ainda não estava produzindo ferro . Hedberg decidiu ir embora e Varnhagen assumiu a direção . ( Boy, Rosangela , in F S P , Mais 25.11.2007 , p. 10) .
Porém , a primeira corrida de ferro gusa só se deu em 1° de novembro de 1918 . "A fábrica era deficitária . D. João VI mandou José Bonifácio à Fazenda Ipanema investigar a causa do prejuízo . Nos anos de 1820-1821 a usina chegou a dar lucro , que não manteve. Foi fechada em 1895. Ainda por determinação do monarca foi construída a usina do Pilar e as fábricas de Congonhas do Campo e Itabira , ambas em Minas Gerais. "( Silva , Hélio . 1939: Véspera de Guerra . Civilização Brasileira , 1972, p. 325) .
Porém o Alvará de Liberdade Industrial foi na prática anulado pela abertura dos portos como bem assinalou Caio Prado Júnior
" Até a abertura dos portos , as deficiências do comércio português tinham operado como barreira protetora de uma pequena indústria local , pobre indústria artesã, é verdade , mas assim mesmo suficiente para satisfazer a uma parte do consumo interno . Esta pequena indústria não sobreviverá à livre concorrência estrangeira, mesmo nos mais insignificantes artigos . A qualidade, os preços , a própria moda ( fator que não se deve esquecer) farão desprezar seus produtos . Todo passa a vir do estrangeiro ; até caixões de defunto , refere um contemporâneo , chegar-nos-ão da Inglaterra já estofados e prontos para serem utilizados . E esta situação tenderá a se agravar com o correr dos anos , graças ao aperfeiçoamento contínuo da indústria européia e consequente barateamento e melhoria dos seus produtos . O artesão brasileiro , que por força das circunstâncias e ambiente desfavorável terá ficado nos seus modestos padrões do passado , perde terreno cada vez mais " . ( História Econômica do Brasil ) .


CONSEQUÊNCIAS GERAIS DAS MEDIDAS

Fortalecimento da elite agrária brasileira , inviabilizando posterior tentativa de recolonização do brasil. Grande beneficiado foi a Inglaterra que colocou o Brasil em sua total dependência econômica.
A família real entrou em acordo com a elite local “ Os comerciantes não queriam dinheiro , pois tinham de sobra, com o qual bancavam a permanência da família real . Mas queriam duas coisas : vantagens (benefícios, liberdades , isenções , franquias ) e ‘distinção’ ( foros de fidalguia, nobreza, ascensão social) “ , como assinala Joaquim Malerba da Unesp . “Dom João foi pensionista desses homens que controlavam o comércio , em especial o de escravos “ , segundo o historiador Alberto da Costa e Silva . Elias Antonio Lopes por exemplo , doou o seu solar em São Cristóvão ( zona norte) , para que dom João o usasse como palácio , pois o Paço real era acanhado demais para um monarca. Era ali que aconteciam quase todas as noites , as cerimônias de beija-mão , em que a população se ajoelhava para dar graças e pedir favores ( F S P , Especial , 2.3.2008 , p. 4) . .
O período joanino configura uma época de transição . Ocorre a ruptura do Antigo Sistema Colonial , para uma nova forma de dependência , com base na exploração econômica.
Enquanto a América Espanhola e Anglo Saxônica obtém a independência através de lutas mais ou menos sangrentas , a presença da Corte no Brasil favorece a ruptura colonial sem graves convulsões sociais e também, sem fragmentação territorial .
O Brasil até o século XIX estava dividido em unidades dispersas , sem vínculo entre si , cada qual relacionando-se mais intensamente com Lisboa . A transferência da Corte tem o mérito para transferir para dentro da colônia aquele conceito de unidade que inexistia .
Os senhores rurais , camada dominante colonial passam a divergir com a camada mercantil onde predominam os portugueses e a camada burocrática , que monopoliza os postos chaves . Assim o Estado Português torna-se uma entidade estranha que paira sobre a sociedade.
O Estado , permanentemente em déficit , atrasa de 9 a 12 meses os salários de seus funcionários , favorecendo a corrupção e o contrabando . A rede burocrática demasiadamente complicada e sem nenhuma função prática , favorece a corrupção , com a oferta da “eficiência” como mercadoria principal .
Conforme assinala Hipólito da Costa , " o governo do Brasil , arranjou-se exatamente pelo Almanaque de Lisboa , sem nenhuma atenção ao país em que se estabelecia . Mostra, por exemplo, o Almanaque de Lisboa um Desembargo do Paço , um Conselho da Fazenda , uma Junta de Comércio, etc ; portanto quer o Brasil careça destes estabelecimentos, quer não , erigiu-se no Rio de Janeiro , logo que a corte ali chegou , um Desembargo do Paço , um Conselho da Fazenda , etc" .
Ainda de acordo com Hipólito , os grandes aristocratas julgavam ofensivo a seus brios nobiliárquicos enviarem os seus primogênitos a Coimbra , de modo que nenhum deles possuía graus acadêmicos ... e, contudo , era nesse círculo que se recrutavam os presidentes dos conselhos , os quais, por sua vez , compunham exclusivamente o Conselho de Estado . O poder por esta razão tornara-se o monopólio de um grupo de incompetentes , a exemplo do marquês de Ponte de Lima , que, malgrado haver sido impedido por sentença judiciária de gerir seus próprios bens , fora guindado á posição de presidente da junta de Comércio . ( Mello , Evaldo Cabral de . F S P Mais , 15.04.2001 , p. 16) .
Na mesma linha criou-se um almirantado tão numeroso quanto o britânico , sem a construção de um único vaso de guerra .
Durante o reinado de D João VI , tornou-se popular uma quadrinha que dizia : “ Quem furta pouco é ladrão / quem furta muito é barão , / quem mais furta e mais esconde / passa de barão a visconde “ . Seu alvo era o tesoureiro mor do reino , Francisco Bento Maria Targini , visconde de São Lourenço . Hipólito da Costa , no Correio Brasiliense , admirava-se que Targini , sem outros bens mais que o seu minguado salário , tivesse se tornado um homem riquíssimo , enquanto o erário de achava pobre .Um dos boatos que se contavam diziam respeito à compra de mantas para o Exército que Targini fizera a um fornecedor inglês e teria mandado dividir cada uma das peças ao meio , revendendo-as depois ao governo pelo dobro do preço original .
Targini chegou a ser preso em 1821 , mas o conde de Arcos , principal ministro do regente , d.Pedro concluiu por justas e liquidadas as contas do tesoureiro mor e lhe concedeu o passaporte , tendo Targini embarcado para Lisboa , mas foi impedido de desembarcar , retirando-se para Paris onde morreu em 1827 . ( Lustosa , Isabel , Folha de São Paulo, Mais ,3.6.2007 , p. 5) .

ELEVAÇÃO DO BRASIL A REINO UNIDO 1815

Napoleão é derrotado em Leipzig ( 1814) e potências vitoriosas reúnem-se no Congresso de Viena ( 1814-1815) para a reorganização do mapa político europeu que obedece a dois princípios básicos : Legitimidade ( Talleyrand- França) , retorno dos antigos soberanos absolutistas depostos pela Revolução e pelo Império Napoleônico e “Equilíbrio Europeu” ( Metternich – Áustria) , partilha dos territórios europeus e coloniais entre as potências , tentando impedir o fortalecimento exagerado de um deles .
Congresso reconhece Portugal como sede do reino e o Brasil como uma dependência colonial . Para não retornar a Portugal , D. João VI eleva o Brasil a Reino Unido em 16.12.1815 .



COSTUMES DE D. JOÃO VI

Na época de D João acreditava-se que o tecido “absorvia” a sujeira do corpo . Por isso , D João VI detestava banho e mostrava-se descrente da troca de camisas , que ele literalmente deixava apodrecer no corpo . Mesmo coberto de feridas e contaminações na pele , D João VI fugia da água .
Bueno , Eduardo . Passando a Limpo – História da Higiene Pessoal no Brasil .

MUDANÇAS CULTURAIS

O Rio de Janeiro, como sede da corte foi o grande beneficiado da vinda dos Braganças , enquanto as capitanias se viram adicionalmente taxadas para financiar o embelezamento da capital ao gosto dos nobres portugueses .
Obras feitas por D João VI com recursos governamentais foram apenas três chafarizes , o prédio do quartel do Exército, no Campo de Santana , e o prédio da Real Academia de Belas Artes , projetado pelo arquiteto francês Grandjean de Montigny .
Porém o governo joanino contribuiu na organização e montagem de uma estrutura técnica de planejamento e execução de obas públicas e para o rei e sua família , semelhante à existente na corte em Lisboa .
E com isso foram criados a função de arquiteto da cidade para a Câmara dos vereadores ; a Real Casa das Obras ;o Arquivo Militar ; a organização do real Corpo de Engenheiros Militares ; a Intendência Geral da Polícia da Corte e Estado do Brasil , a criação da Real Academia Militar
D João VI pouco alterou o quadro educacional vigente desde a Colônia . Aconselhado por Silvestre Pinheiro Ferreira , o soberano lusitano preocupou-se em instituir o ensino superior leigo , de caráter profissionalizante , através da fundação de escolas de Medicina , Direito e Engenharia .
Cuida-se do ensino superior e fica em plano secundário o ensino básico . Dadas as características elitistas do sistema , o ensino básico não subsiste por si mesmo, mas estrutura-se como mero instrumento de preparação para o ensino superior , problema que ira se projetar para o futuro . Um fosso profundo separa as elites intelectualizadas do povo , na sua maioria analfabeto .

IMPRENSA RÉGIA

Em 13 de maio de 1808 foi instalada a tipografia da Imprensa Régia , criada para imprimir as leis e decretos do gabinete de d. João , mas que também editou romances, poesias , livros científicos, religiosos , didáticos e periódicos . Poucos meses depois , em 10 de setembro de 1808 , houve o lançamento da “Gazeta do Rio de Janeiro” , jornal oficial da corte que também editava notícias do Brasil e da Europa .
A imprensa chegou tarde no Brasil. O México já tinha oficina desde 1535 e o Peru desde 1584 . Buenos Aires tem sua primeira impressora em 1780 . O Brasil foi apenas o 12º país da América Latina a receber uma tipografia .
A imprensa nasce censurada . Em Portugal, os impressos eram submetidos a três ordens de vigilância : o Poder Real , a Inquisição e o Bispo . No Brasil havia a censura da Igreja Católica e a Mesa do desembargo do Paço . A censura só foi abolida em 1821 , quando d. João 6.º voltou a Lisboa . As primeiras publicações destacaram-se pelo seu oficialismo e caráter áulico . Em 1811 começa a circular o jornal “A Idade d’Ouro no Brasil , o primeiro na Província da Bahia e “Variedades (1812) , a primeira revista impressa no Brasil e “O Patriota “ ( 1813) . De 1º de junho de 1808 a dezembro de 1822 circulou o “Correio Braziliense “ , mensário publicado por Hipólito da Costa em Londres . ( F S P , 1.6.2008 , p. A-10) .

PROIBIÇÃO DE FESTAS RELIGIOSAS

Existia em Lisboa e Intendência Geral da Polícia da Corte e do Reino de Portugal e um órgão semelhante a esse foi criado no Rio de Janeiro . O primeiro intendente , Paulo Fernandes Viana ( 1808-1821) , marcou sua trajetória pela perseguição , sem tréguas, ao que considerava “antros de feitiçaria” de negros . Não abriu mão da severa vigilância sobre a ordem pública, preocupação que se tornaria básica para os defensores da transformação da cidade em capital imperial dentro dos padrões das cortes européias .;
Juntamente com a Intendência , e subordinada a ela , foi criada a Guarda Real , em que se destacou Miguel Nunes Vidigal, imortalizado no livro de Manoel Antônio de Almeida como um grande perseguidor de “desordeiros , batuques e quilombos” .( Abreu, Martha, in F S P, Mais , 25.11.2007 , p.10) .
Bibliografia . Abreu, Marta . “O Império do Divino – Festas Religiosas e Cultura popular no Rio de Janeiro” . Ed. Nova Fronteira .

SAÚDE PÚBLICA NO RIO DE JANEIRO

Em 1808 , o dr Manoel Vieira da Cunha publicou “Reflexões sobre Alguns dos meios Propostos por Mais Conducentes para Melhorar o Clima da Cidade do Rio de Janeiro “ , o primeiro texto médico publicado no Brasil .
Embora atrelado á teoria “miasmática” , segundo a qual as doenças seriam provacadas por “miasmas” ou emanações malignas do solo, da água ou do ar” estagnados” , o texto apresenta sugestões absolutamente razoáveis e factíveis , que não foram colocadas em prática naturalmente . ( F S P , 19.04.2008 , p. E-9) .

BIOPIRATARIA
A transferência do jardim botânico do Passeio Público para um terreno muito maior , no atual bairro do Jardim Botânico.foi obra de D. João VI e a reabertura do Museu de História Natural .
Pode-se afirmar que D. João VI oficializou a bio-pirataria . Os portugueses tinham espiões nos dois grandes hortos franceses ( na atual Guiana Francesa e em Maurício , no Oceano Índico ) , cooptando pesquisadores para trazer informações e sementes de especiarias , frutas , resinas , madeira ou plantas medicinais .
Quando D João Vi mandou invadir a atual Guiana Francesa em 1809 e levou os portugueses a se estabelecerem na região , entre 1810 e 1817 , manuais e técnicas de plantio foram apropriadas . O Jardim Botânico serviu para inaugurar em solo brasileiro a produção da cânfora, noz moscada e lichia e laboratório de produção de chá, quando o café ainda não havia decolado . Para isso, em 1814 , foram trazidos 300 chineses de Macau . Porém com D. Pedro II o local foi desfigurado e quase desapareceu . Com o advento da República , retomou seu papel de pesquisa , cresceu e passou a servir de referência no país e no exterior .
Tudo indica que foi o próprio D. João VI que semeou no local a planta mater da palmeira imperial e todas as outras mudas espalhadas pelo país são descendentes da leva trazida por um oficial da Armada Real Portuguesa , que “subtraiu” 20 caixotes do Jardim de la Pamplemousse em Maurício .
Bibliografia : O Jardim de D. João . Nepomuceno, Rosa . Dona Rosa Produções .
Criação de escolas profissionalizantes – escolas de comércio , escola real de ciências , artes e ofícios para melhorar a qualidade de mão de obra , centros de estudos e outras instituições culturais antes inexistentes . Escolas médicas na Bahia e Rio de Janeiro , Biblioteca Real , Imprensa Régia ( quebrando proibição secular da atividade impressora no brasil, mas serão jornais de elogio , exceto Correio Brasiliense editado em Londres por Hipólito da Costa , com poucos exemplares ).
Foram criados o Museu Nacional e a Biblioteca real para preservar a memória do poder . A Academia Militar e da Marinha para assegurar a reprodução dos quadros militares . A escola de Comércio e a Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios visando melhorar a qualidade da mão de obra .
A criação da imprensa régia quebra a secular proibição da atividade impressora no Brasil . Com ela foram publicadas as nossas primeiras grandes obras . Surgem os jornais Gazeta do Rio de Janeiro e A Idade do Ouro no Brasil , sob proteção oficial .
Em Londres o jornalista Hipólito da Costa edita o Correio Brasiliense , de conotações liberais e que é amplamente difundido no Brasil .
A entrada crescente de estrangeiros a partir de 1808 , e a intensificação de contatos com a Europa , facilitaram a divulgação de idéias liberais e nacionalistas , já cultivadas nas sociedades secretas que também se multiplicaram .


MISSÃO FRANCESA

O tradicional vínculo cultural com a França é retomado com a “Missão Francesa e a criação da Academia de Belas Artes .
Joaquim Lebreton ( 1769-1819) , administrador das obras de arte do Museu do Louvre e secretário perpétuo da seção de belas artes do instituto de França , identificado com o regime napoleônico , teria sido o verdadeiro incentivador e formado do grupo que veio ao Brasil para escapar do revés político da queda do imperador francês.
O termo “missão artística francesa” foi substituído pelo de colônia de artistas desempregados e em crise , que sem pedido nem apoio de dom João e até contra a vontade da corte lusitana vieram tentar a sorte no Brasil , fugindo das perseguições que se seguiram à queda de Napoleão , segundo a historiadora Lilia Moritz Schwarcz em “O Sol do Brasil” . Para ela , nunca existiu uma Missão Artística Francesa , a própria expressão foi formulada apenas em 1912 pelo bisneto do pintor Nicolas-Antoine Taunay , o historiador Afonso Taunay para a “Revista do instituto Histórico e Geográfico Brasileiro “ . Os franceses se autoconvidaram . “estavam desempregados por causa da participação política perigosa [com Napoleão ] . Vinham tentar a sorte . A Academia [ de Belas Artes] não era um projeto da corte , era um projeto do [Joachim] Lebreton . Para a corte eram um regicidas “ . ( F S P , Especial , 2.3.2008, p. 7) .
Mesmo assim a cultura se modernizou com os franceses . Escolhidos pela Barão de Humboldt eram um time de primeira – Joachim Lebreton , Nicolas Antoine Taunay , Grandjean de Montigny e o maior de todos Jean Baptiste Debret
Jean-Baptiste Debret era primo de Jacques Louis David , chefe da escola neoclássica francesa . Tornou-se no Brasil o pintor oficial do império . Lecionou na Academia Imperial de Belas Artes do Rio de Janeiro . Em 1829 montou a primeira exposição de artes do Brasil . Debret ( 1768-1848) foi autor de mais de 200 gravuras sobre o Brasil e foi o artista que melhor e em maior quantidade documentou a vida no Rio de Janeiro , antes da invenção da fotografia . Debret em suas gravuras mostra um "olhar" conciliador . Não vê uma sociedade hierarquizada, patriarcal e escravocrata . Mas expressa o mito da convivência harmoniosa e pacífica entre senhores e escravos dentro do espaço doméstico , enquanto na realidade os escravos eram tratados como mercadoria e animais de carga. Um óleo de sua autoria pode custar até R$ 700.000, 00 e uma aquarela até R$ 100.000,00 .
Morou no país por 15 anos e neste período pintou quadros sob encomenda para a corte e , por conta própria , retratos de cenas do cotidiano brasileiro que publicou em um livro Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil , em 3 volumes entre 1834 e 1839, já na França . Seu trabalho foi catalogado em dez anos de pesquisa e publicado em 2007 por Bandeira, Julio e Lago, Pedro Corrêa do , em Raisonné , Editora Capivara .
Nicolas –Antoine Taunay ( 1755-1830) . Foi vice-presidente da classe de belas-artes do Instituto de França . Era o veterano e mais reputado do grupo . . Aspirava ser preceptor dos filhos do rei . Decepcionou-se com o Brasil pois nâo tinha alunos nem clientes , e segundo ele , o país sofria de um grave “ retardo cultural “ .
No Brasil foi membro da Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios. Paisagista refinado , sempre se sentiu torturado pela escravidão e representava os escravos de forma diminuta . Com ironia se retratou em alguns quadros como um pequeno personagem .
Após desentendimentos surgidos pela nomeação do pintor português Henrique José da Silva para a direção da Academia, cuja direção pretendia assumir , voltou para a França em 1821 . Porém , quatro filhos permaneceram no Brasil e um deles , Felix, acabou ocupando cargo proeminente na Academia Imperial de Belas Artes .
Para Claudine Lebrun Jouve , especialista em Debret Taunay não se submetia , ás exigências da corte . Recebeu poucas encomendas de retratos . Pintava para si aquilo que o agradava . Descreve em suas cartas o quanto ficava desolado com o que encontrava nas bibliotecas do Brasil, repletas de livros religiosos . Sentia falta de Paris dos salões , do espírito democrático . Para ela ele era um “pintor filósofo” , que introduzia algumas fábulas morais em suas obras , que sempre davam um significado a elas . Ela não podia se permitir críticas , mas pintava com equidade índios brancos e negros . ( F S P , 22.03.2008 , p. E-7) .
Grandjean de Montigny ( 1776-1850) . Arquiteto e urbanista , estudou na École d”Architecture de Paris durante a Revolução Francesa . Em 1799 ganhou o prestigioso Prix de Rome , o mais importante da arte do período . Trabalhou para o governo de Napoleão . No Brasil, foi incumbido de projetar e construir o edifício da Escola Real de Ciências, Ates e Ofícios . Foi um dos introdutores da arquitetura neoclássica no Brasil .
Eram pintores , escultores e arquitetos que haviam caído em desgraça com a derrota de Napoleão. D. João VI os recebeu de braços abertos animado com a possibilidade de modernizar o Rio de Janeiro , chegando a criar e financiar um instituto onde os franceses da missão pudessem trabalhar livremente . Chegaram em 1816 no veleiro Calpe .
Os franceses trouxeram para o Brasil o estilo neoclássico e enfrentaram a hostilidade dos portugueses da corte que não admitiam o menosprezo à arte barroca , com ênfase nos aspectos sacros até então vigente . Em 1819 morreu o chefe do grupo , Joaquim Lebreton e depois de 16 meses foi escolhido o desenhista português Henrique José da Silva para substituí-lo , passando este a privilegiar o desenho em detrimento das demais técnicas artistas o que levou ao esfacelamento gradual do grupo que só acabou em 1831.
Além da produção de Debret e Taunay destaca-se a escultura equestre de D. Pedro I , de Louis Rochet e as gravuras de festas religiosas e malhação do judas feitas por Aimé Taunay , um dos 5 filhos de Nicolas Taunay.
Bibliografia : Schwarcz, Lilia Moritz . “O Sol do Brasil” , Companhia das Letras


MISSÃO PERSA

Missão diplomática persa enviada à Inglaterra em 1809 , em regresso passou 15 dias no Rio de Janeiro produzindo relato registrado por James Justinian Morier em seu livro “A Second Journey Through Pérsia”
“A carne de vaca e as aves são caras , e tivemos enorme dificuldade em repor os nossos estoques de viagem . Porcos há em grande abundância , entre os quais os de uma raça horrorosa , semelhantes a cachorros sem pelo ...São vistos aos montes , aparentemente sem donos , remexendo o lixo das ruas .,,
A visita que fizemos a um mercado de escravos convenceu-nos mais da iniqüidade do tráfico do que qualquer coisa que venha a ser dita ou escrita sobre o tema .De cada lado da rua em que o mercado está localizado há grandes armazéns onde os negros são amontoados . Durante o dia eles agrupam-se melancolicamente á espera de serem levados pelas mãos de algum negociante , cujos sórdidos negócios são sustentados nesses seres que, ao serem adquiridos , são pouco mais do que esqueletos ...
Malgrado toda esa miséria , é gratificante observar que muitos negros freqüentam as igrejas e que, ao menos formalmente , fazem parte de alguma congregação cristã “ . ( F S P Mais , 26.02.2006 , p. 10) .



INÍCIO DO PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA

Para alguns historiadores o processo de independência se inicia com a vinda da família real ao Brasil , pela carta régia de 1808 que praticamente eliminou os institutos de caráter colonial como monopólios , restrições industriais e comerciais e privilégios. e lançou as bases da autonomia administrativa da colônia . O Brasil tornou-se sede do governo português .
Esta posição coloca a independência como uma transição e não como uma revolução , pois preservou-se o poder dentro da família Bragança. por outro lado torna o processo radicalmente diferente das colônias espanholas da América .
Para o historiador José Murilo de Carvalho , se D. João VI tivesse ficado em Portugal , o Brasil com certeza não existiria . “Com a transferência da coroa , se estabeleceu no Rio de Janeiro um centro de legitimidade política sobre as subdivisões da colônia . A atuação da corte foi fundamental para manter nossa unidade , inclusive com o uso da força contra movimentos separatistas “. ( Veja, 26.12.2007 , p. 11) .
A colônia se fragmentaria como se fragmentou a parte espanhola da América .Teríamos , em vez do Brasil de hoje , cinco ou seis países distintos . Uma vez decidida a vinda, as coisas também poderiam ter tomado caminhos distintos , inclusive a fragmentação. ( F S P , Mais 25.11.2007 , p. 4) .
Já para o historiador pernambucano Evaldo Cabral de Mello , a vinda de D. João VI foi negativa por que transformou o Rio de Janeiro em uma cidade portuguesa e uma corte parasitária passou a explorar as Províncias, situação que continuou no decorrer do Império . Para ele a independência não passou de um projeto da burocracia da corte e das elites econômicas do Centro Sul e implicou na sufocação dos movimentos regionais, em especial os do Nordeste , cujas bandeiras eram , com gradações e variações , o republicanismo , a extinção da escravatura , a implantação de um regime federativo e a autonomia provincial , sem ignorar a composição heterogênea desses movimentos , como a Revolução Praieira que agregou senhores de engenho e plebe urbana , com reivindicações díspares . ( Fausto Boris , F.S.P. Mais , 16.12.2007 , p. 3) .
Bibliografia : Melo, Afonso de Albuquerque . “A Liberdade no Brasil – Seu Nascimento, Vida, Morte e Sepultura
Mello, Evaldo Cabral de ; A Outra Independência e A Ferida de Narciso – Ensaio de História Regional .
Segundo Kenneth Maxwell , “ a América Espanhola ficou sem ligação com a metrópole no sentido da governança, foi necessário inventar novas formas de representação . Em muitas partes isso provocou grandes problemas de ilegitimidade e guerras internas sangrentas por mais de 20 anos , com grande destruição de infra-estrutura , de instituições e de riquezas . No Brasil , em contraste , houve uma continuidade . As instituições novas foram criadas pela própria coroa portuguesa , que assim assumiu um papel centralizador , dentro de uma América Portuguesa que antes era muito fragmentada no sentido administrativo . Para ele , por outro lado , essa institucionalização no Brasil de um regime monárquico, arcaico , europeu , , teve conseqüências negativas para o desenvolvimento do país , ao trazer da Europa uma aristocracia e burocracia parasíticas , corruptas e ineficientes , alem de ambições dinásticas e expansionistas . “ . Estas ambições geraram guerras no sul , principalmente na região onde o Uruguai está agora estabelecido , influenciado pelas ambições de Carlota Joaquina para restabelecer a presença espanhola no rio da Prata , com ela como chefe e no norte , na Guiana , contra os franceses , devido às pressões britânicas , em conseqüência do conflito contra Napoleão na Europa . ( F S P , Mais , 25.11.2007 , p. 5) .
FUVEST - " O certo é que os marcos cronológicos com que os historiadores assinalam a evolução social e política dos povos não se estribassem unicamente nos caracteres externos e formais dos fatos , mas refletissem a sua significação íntima , a independência brasileira seria antedatada de catorze anos .." (Caio Prado Júnior - Evolução política do Brasil e outros estudos. )
a) Qual o fato histórico acontecido catorze anos antes?
b) Qual a "significação íntima " do referido fato?

POLÍTICA EXTERNA

EXPANSIONISTA E INTERVENCIONISTA
GUIANA FRANCESA
Franceses haviam ocupado Caiena em 1626 , com pretensões sobre o Amapá , obrigando Portugal a manter uma força militar na região .
Com a Revolução Francesa houve rebeliões escravas em Caiena e Portugal , com auxílio da Inglaterra resolve ocupá-la em 1809
No Congresso de Viena em 1815 , com a intervenção do hábiul diplomara francês Talleyrand , Caiena é devolvida à França , mas D. João conseguiu incorporar ao Brasil uma parte do território

PROVÍNCIA CISPLATINA.

Incorporação da Província Cisplatina, como se o Brasil estivesse precisando de mais territórios.
Tratado de Santo Ildefonso 1777 Colônia de Sacramento e região dos Sete Povos das Missões ficou sob domínio espanhol.
Em 1801 tropas gaúchas dominaram a região de Sete Povos das Missões incorporando-a ao Brasil . Tratado de Badajós reconhece domínio espanhol sobre Sacramento.
Espanha inicialmente aliada de Napoleão, torna-se sua inimiga quando Napoleão depõe Fernando VII , rei da Espanha e coloca em seu lugar José Bonaparte seu irmão . Carlota Joaquina, esposa de D. João VI era filha do rei espanhol Carlos IV . Ela planejava organizar em Buenos Aires um trono espanhol no exílio , mas fracassou pela independência da Argentina. Segundo correspondência de Carlota que foi pesquisada , ela chegou a doar jóias para financiar uma campanha militar contra o avanço dos adeptos da independência em Montevidéu . O " carlotismo" teve inúmeros partidários na região .
As relações de Carlota com o marido nunca foram boas . Em 1806, tentou um golpe contra D. João , alegando sua insanidade . Em carta ao paí Carlota registra não suportar as crises de depressão de seu marido, " o príncipe está cada vez pior da cabeça" .
Com a Espanha ocupada por Napoleão, sua autoridade sobre as colônias foi anulada . Em 1810 cabildo de Buenos Aires proclamou independência do Vice Reino do Rio da Prata , mas Paraguai e Uruguai recusaram-se a permanecer unidos à Argentina .
Paraguai torna-se independente em 1811 , com José Gaspar de Francia que se torna ditador em 1816 .
A independência do Prata incomoda a Portugal e as próprias camadas dominantes da América Espanhola pelo medo de perder privilégios econômicos e sociais , suscitando desejos de intervenção por Portugal .
Em 1811 , Francisco Xavier Elio , vice rei em Montevidéu , ante a ameaça de José Artigas , solicita tropas a D. João VI , mas após armistício com a Junta de Buenos Aires as tropas brasileiras se retiram . Em 1812 as hostilidades são reiniciadas e Artigas vence tomando Montevidéu .
Em 1816 sai do Rio de Janeiro uma divisão de voluntários , sob o comando de Carlos Frederico Lecor , que toma Montevidéu em 20.01.1816 , nascendo a Província Cisplatina , que será anexada ao Brasil em julho de 1821.
Em 1825 33 uruguaios vindos da Argentina , comandados por D. Juan Antonio Lavalleya , retomam a luta pela independência , afinal conseguida em 1818 com o surgimento da República Oriental do Uruguai.

REVOLUÇÃO PERNAMBUCANA 1817

As Províncias do Norte segundo Evaldo Cabral , viviam no início do século 19 um momento de prosperidade econômica graças ao açúcar e , principalmente , ao surto algodoeiro . Esta riqueza era escoada através de Pernambuco, transformando a capitania em importante pólo econômico que atraía o comércio do Ceará , Rio Grande do Norte , Paraíba , Alagoas e Sergipe e em geradora de enorme superávit comercial nas relações com a metrópole .
Após a instalação da Corte , os comerciantes portugueses no Nordeste continuam tão monopolistas como antes auferindo grande parte dos lucros produzidos nas áreas rurais . Contra estes , colocar-se-ão os grandes senhores rurais e os homens livres não proprietários , desejando alterações na estrutura social e econômica .
O movimento portanto possuiu forte sentimento anti lusitano , resultante do aumento dos impostos e dos grandes privilégios concedidos aos comerciantes portugueses
Com a queda de Napoleão , a Europa sofre crise econômica , com queda sensível nos preços de açúcar e algodão .
Os déficits crônicos do Estado , para sustentar a Corte , levam à criação de empréstimos forçados . Em 1816 ocorre grave seca no Nordeste , dificultando a situação da população . Segundo Armitage , esta espoliação fiscal das Províncias do Norte sujeitando-as a uma pesada quota de encargos , sem auferir as mesmas vantagens que o Rio de Janeiro obteve com a chegada da família real foi o principal motivo da assimetria entre Norte e Sul .
Abusos administrativos , contribuições inclusive em pessoal para as tropas na campanha da Guiana completam o quadro de insatisfação generalizada .
No período Joanino e no tempo da independência ficaram patentes o descompasso entre as aspirações políticas do Norte e do Sul da América portuguesa . Conforme John Armitage assinalou em seu História do Brasil ( 1836) , no Norte as reivindicações eram muito mais amplas , pois visavam " à adoção de instituições representativas " , enquanto a elevação do Brasil a reino fora suficiente para contentar o Sul, mas não para evitar a revolução pernambucana de 1817 .
Ideais anticolonialistas , propagados pela maçonaria levaram ao movimento. É fundado pelo Pe Manoel Arruda de Câmara , sociedade secreta com as mesmas características das lojas maçônicas . O Areópado é dissolvido em 1802 , mas reaparece com o nome de Academia dos Suassunas . Apesar da repressão o espírito de contestação cresce . Lojas Paraíso, Patriotismo , Restauração , Pernambuco do Oriente e do Ocidente . Entre a elite atuante estará Frei Caneca que depois irá liderar a Confederação do Equador em 1823 .
Ao saber da revolta D. João VI afirmou : “ como é que meus súditos se revoltam !Não me consta que tenha ofendido a qualquer um deles . Que desejam eles? “ .
Foi a revolta mais abrangente . incluiu elementos do povo , classe média e membros da aristocracia açucareira, devido à crise do açucar . Tentou deliberamente expandir revolta para o resto do Brasil. Único movimento separatista antes de 1822 que superou fase conspiratória e proclamou independência , formando governo revolucionário e assumindo o poder . a partir de Pernambuco revolta espalhou-se pela Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Alagoas, tendo o governo revoltoso enviado emissários para EUA, Argentina e Inglaterra . Mas o movimento reflui rapidamente .
“Eis que uma revolução, proclamando um governo absolutamente independente da sujeição à corte do Rio de Janeiro, rebentou em Pernambuco, em marco de 1817. E um assunto para o nosso animo tão pouco simpático que, se nos fora permitido [colocar] sobre ele um véu, o deixaríamos fora do quadro que nos propusemos tratar.” F. A. Varnhagen. Historia geral do Brasil, 1854. O texto trata da Revolução pernambucana de 1817. Com relação a esse acontecimento e possível afirmar que os insurgentes propuseram a independência e a republica, congregando proprietários, comerciantes e pessoas das camadas populares.
Foi uma revolta sangrenta que durou mais de dois meses e deixou profundas marcas no Nordeste , com os combates armados passando de Recife para o sertão, estendendo-se também a Alagoas , Paraíba e Rio Grande do Norte
Propunha a República , com igualdade de direitos e a tolerância religiosa , mas não previa a abolição da escravidão .A escravidão , segundo Emilia Viotti da Costa constituía o limite do liberalismo no Brasil . Isto porque , as revoltas não eram movidas por uma burguesia , mas pelas próprias categorias rurais e sua clientela . Portanto, as camadas senhoriais liberais queriam liberdade de comércio e autonomia administrativa e judiciária , mas não queriam renunciar ao latifúndio e à propriedade escrava .
(...) a independência estava associada à idéia de igualdade , uma igualdade mais para cima do que para baixo . Uma curiosa carta , escrita no recife pouco após o fim da Revolução descreve como `os cabras, mulatos e crioulos andavam tão atrevidos que diziam que éramos todos iguais e não haviam de casar senão com brancas das melhores . ` Os boticários , cirurgiões e sangradores davam-se ares de importância e até os barbeiros recusavam-se a fazer a barba das pessoas , alegando que estavam `ocupados no serviço da pátria`" ( ...) .
“ Criou-se um Governo Provisório (...), integrado por representantes de cinco segmentos da sociedade: Domingos Teotônio Jorge (militares), Domingos José Martins (comerciantes), Manoel Correia de Araújo (agricultores), padre João Ribeiro Pessoa de Melo Montenegro (sacerdotes) e doutor José Luís Mendonça (magistrados). (...) Empenhado em ampliar o movimento anticolonial, o Governo Provisório enviou emissários a outras capitanias: Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e Bahia.” (Rubim Santos Leão Aquino et alii, Sociedade brasileira: uma história através dos movimentos sociais)
Iniciado em 7 de março em 17 de maio tropas portuguesas ocuparam Recife , Os revolucionários estavam mal preparados militarmente e hesitaram em libertar e usar a massa de escravos , por medo do Haiti onde os negros mataram os seus opressores .
Causa principal do fracasso foi a falta de apoio da classe dominante latifundiária , temerosa de perder suas propriedades , privilégios e escravos . Os exemplos da Revolução Francesa e do Haiti eram conhecidos e seus resultados temidos.
Os principais líderes são fuzilados em Salvador e enforcados em Recife . Devassa é encerrada em 1818 com a libertação daqueles sem culpa formada .
No tempo da independência do Brasil, circulavam nas classes populares do Recife trovas que faziam alusão a revolta escrava do Haiti:
Marinheiros e caiados Todos devem se acabar, Porque só pardos e pretos o país hão de habitar. AMARAL, F. P. do. Apud CARVALHO, A. Estudos pernambucanos. Recife. Cultura Acadêmica. 1907.
O período da independência do Brasil registra conflitos raciais, como se depreende dos rumores acerca da revolta escrava do Haiti, que circulavam entre a população escrava e entre os mestiços pobres, alimentando seu desejo por mudanças.

No dizer de Luís da Câmara Cascudo , a revolução de 1817 foi a mais linda , inesquecível, arrebatadora e inútil das revoluções brasileiras . O movimento não é isolado . Liga-se às rebeliões da América Espanhola e à Revolução Francesa . O ponto comum é a contestação ao Antigo Regime e o novo ideário . É inspirada pela corrente do pensamento iluminista .
Bárbara de Alencar , liderou a Revolução no Crato e foi a primeira mulher presa política da história do país . Com 57 anos , viúva , teve seus bens confiscados e ficou na cadeia com os três filhos por quatro anos. Dois filhos depois participaram da Confederação do Equador em 1824 morrendo na luta .
Porém em 1820 a Província já estava novamente mobilizada .
“Novas instituições foram criadas pela coroa portuguesa, e a maioria delas foi estabelecida no Rio de Janeiro, que, assim, assumiu um papel centralizador dentro de uma América portuguesa que antes era muito fragmentada no sentido administrativo. Houve resistência a isso, principalmente em Pernambuco, em 1817. Mas, no final, o poder central foi mantido. “ (Adaptado de Kenneth Maxwell, “Para Maxwell, país não permite leituras convencionais”. Entrevista concedida a Marcos Strecker. Folha de São Paulo, 25/11/2007, Mais, p. 5.)
Bibliografia : Lima, Oliveira . D. João VI no Brasil.

TRÁFICO NEGREIRO

UNICAMP 2009 2 FASE TRÁFICO NEGREIRO PÓS 1808

No ano de 1808, entrou em vigor a proibição do tráfico negreiro, tanto nos Estados Unidos como no Império Britânico. No caso do Império Britânico, a proibição teria maior impacto em escala mundial. Enquanto isto, no Império Português, o porto do Rio de Janeiro continuaria a comprar escravos da zona congo-angolana em quantidade cada vez maior.
(Adaptado de João Paulo Pimenta & Andréa Slemian, A corte e o mundo. Uma história do ano em que a família real portuguesa chegou ao Brasil. São Paulo: Alameda, 2008, p. 82-83.)
A partir do texto, o candidato deveria perceber duas mudanças significativas ocorridas em 1808 quanto ao tráfico negreiro. Por um lado, ele foi proibido tanto nos Estado Unidos quanto no Império Britânico; por outro lado, no Império Português ocorreu a intensificação do tráfico de escravos, que entravam em quantidade cada vez maior no porto do Rio de Janeiro.
b) Entre os interesses do Império Britânico na proibição do tráfico negreiro, o candidato poderia mencionar: a formação de um mercado consumidor para os produtos britânicos por meio da generalização do trabalho assalariado e a necessidade de reduzir a presença de comerciantes luso-brasileiros na África, onde os ingleses buscavam se fixar.


Comentarios

Inclua  seu comentário                               

                                            

Nome:                               Mail:

 

                                              

CAPTCHA Image          

 




De sua nota para este Texto             
Currículo do Autor Exibido: Contador disponível só para assinantes - Assine Aqui
 
Receba um aviso sempre que este autor publicar novos textos, clique aqui
Patrocine esse Autor Patrocine esse Texto envie este texto para um amigoveja outros textos deste autor





VITRINA DE LIVROS IMPRESSOS
DÉBITO CONJUGAL
Dalva Trindade
HISTÓRIAS QUE CONTAVA PARA O MEU NETO
Maria Hilda de J. Alão
FUTEBOL TAMBÉM É COISA DE MULHER
Maria Teresa Innecco Corrêas
Dona Joaquina do Pompéu-Sua História e a sua Gente
Deusdedit P.R. Campos
BACABA II - TODA A VERDADE SOBRE A GUERRILHA DO ARAGUAIA E A REVOLUÇÃO DE 1964
José Vargas Jiménez
Estação Jugular - Uma estrada para Van Gogh
Allan Pitz
Estação Poética - Jandira Costa
Ana Carolin
Lina e Lero e o Castelo Mágico - Lina et Lero et le Château Magique
Ana Carolina Vieira
Kôra: o pressentimento do dragão
Ana Flávia Abreu
Humor Vermelho - vol. 2
org. por Barbara Cassará
Humor Vermelho - vol. 1
Isabella Saes
Ninguém quer comer meu ovo
Chef Batato (Barbara Cassará, Tatiana Berlim e Tomaz Adour)
VERTIGEM LUNAR
Fernando Pellisoli
A Última Entrevista de José Saramago
José Rodrigues dos Santos
Seu Adolpho
Felipe Pena
O Melhor da Pior Parte
JBruno Graciano
Contente em Ler - Cineastas – Volume I
Varios Cineastas
VITRINA DE E-BOOKS
OS PROBLEMAS DO PAÍS E A FALTA DE ATITUDE DOS POLÍTICOS
Nilza Paiva
SESMARIA DE OUTONO
José Ernesto Kappel
O SEQUESTRO DO DEPUTADO
Djalma Ferreira
Divulgue seu livro