Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
73 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55217 )
Cartas ( 21066)
Contos (12156)
Cordel (9589)
Crônicas (21289)
Discursos (3112)
Ensaios - (9914)
Erótico (13140)
Frases (40120)
Humor (17564)
Infantil (3566)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135847)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->ANALOGIA DO BEIJO -- 09/04/2002 - 01:23 (Marcial Armando Salaverry) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
ANALOGIA DO BEIJO Marcial Salaverry

Vamos tentar definir o que é o BEIJO. Lembro-me de haver lido, não me lembro aonde (ajudem-me, pois o autor é bem conhecido), algo assim: O beijo nada mais é do que uma contração da boca, provocada por uma dilatação do coração.
Assim, tão bem definido, fica claro que o beijo é basicamente uma demonstração de afeto, de carinho. Dificilmente beijamos quem não gostamos (tá certo que às vezes somos obrigados a isso, mas é um beijo sem vontade, convenhamos). É um beijo, e não um BEIJO. Existe diferença... entre o beijo dado com vontade, e aquele por obrigação...
Vamos analisar os diferentes tipos de beijo conhecidos:
Beijo na mão: É sinal de respeito, de admiração, e também de amor... Pode significar apenas o respeito que se tem pela dama cuja mão beijamos, como também um sinal de que por algum lugar se começa a coisa...
Beijo na bochecha: É aquele famoso beijinho de amizade, de carinho desinteressado, como quem quer dizer "Eu só quero ser um amigo". Por vezes pode-se dar um ligeiro escorregãozinho para os lábios, e aí a amizade muda de cor...
Beijo no pescoço: Esse já não deixa muita margem a dúvidas. Também chamado de "beijo no cangote", já está indicando um forte desejo, como que dizendo Eu te quero, te desejo... só que sem usar as palavras... geralmente é dado com apenas uma ligeira pressão dos lábios... se o momento for mais íntimo, vale até uma mordidinha de leve...
Beijo nas orelhas: Uma saudável tentativa de se chegar aos lábios. É o passo seguinte ao "beijo no cangote" . Como quem só está fazendo joguinho. Devagar se vai ao longe. Nessas questões "beijocais" não se pode ter pressa. Pelo contrário, muita calma, muita paciência e muito carinho, e principalmente, muito chamego...
Beijo nos lábios: Este não deixa muitas dúvidas, é aquele beijo de amor, quente, gostoso, significando o clássico Eu te amo. Eu te desejo... Para ser completo mesmo, tem que ser de língua. Se bem que existem algumas exceções, como entre os russos por exemplo, que se beijam com a maior naturalidade na boca. Questão de hábito...
Beijo em qualquer outro lugar: As opções são muitas. Aí sempre vai depender da criatividade dos "cúmplices". Não vamos nos deixar levar pelo entusiasmo excessivo... estes beijos entram na parte dos "chamegos". E quanto mais chameguentos, melhores são...
Há que se considerar também as preliminares "beijocais". Nunca é muito aconselhável ir logo agarrando e beijando. Mesmo para os beijos de amizade. Quando não se conhece bem a pessoa a quem somos apresentados, é bom observar como ela cumprimenta, pois nem todo mundo aprecia o famoso "beijinho na bochecha".
Nos casos de romance, vejam os sinais.
Primeiro o famoso "olho no olho". O olhar quente fala claramente "Me beije", quando a pessoa deseja ser beijada... da mesma maneira que um olhar frio, quer dizer "Espera".
É necessária alguma sutileza para "sentir" o calor do olhar, ou não. Muitas vezes essa falta de detecção de temperatura, faz ganhar uma bofetada... ou não...
Um sinal claro de amizade e carinho, é brincar com os cabelos, como querendo dizer "gosto de tocar em você". Ao mesmo tempo que denota carinho e um certo desejo, também é uma demonstração de amizade apenas... depende da maneira como é feito esse toque...
Existe uma outra diferença fundamental entre os tipos de beijo. Os beijos de amizade, de carinho, que simplesmente são trocados sem intenções outras senão aquela de dizer gosto de você como amigo (a), devem ser trocados de olhos abertos. Além de indicar suas intenções, serve para "visualizar" as intenções de quem está sendo beijado.
Muitas vezes o que para um é beijo de amizade, para outro tem um significado bem diferente...
Agora quando é beijo de amor... nesse caso crianças, fechem os olhos quando beijar. É pouco romântico ficar olhando o outro enquanto se beija. E com os olhos fechados, sente-se muito melhor o carinho que o beijo transmite...
E com um beijo no coração de todos, como sinal da mais pura amizade e carinho, espero que tenham UM LINDO DIA

Não se esqueçam: Um pêssego é um pêssego, Uma ameixa é uma ameixa, Um beijo não é um beijo se for sem língua. Então abra a sua boca. Feche seus olhos, e dê à sua língua algum exercício! (pode ser falando também... mas de amor).
Aliás... falar de amor... pode ser esse o famoso "sexo oral"?




Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui