Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
26 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54835 )
Cartas ( 21056)
Contos (12106)
Cordel (9508)
Crônicas (21075)
Discursos (3107)
Ensaios - (9896)
Erótico (13125)
Frases (39797)
Humor (17544)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135514)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4172)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->CLARICIANAS - UM TEXTO PARA SE LER -- 30/09/2007 - 23:36 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
CLARICIANAS – UM TEXTO PARA SE LER
João Ferreira
30 de setembro de 2007

“Claricianas” é o título de uma agradável publicação assinada por Lucilene Machado e Edgar Cézar Nolasco. Lucilene é Mestra em Literatura Brasileira, com dissertação sobre Clarice Lispector. Edgar Cézar é Professor do Curso de Mestrado em Literatura Brasileira na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no Campus de Três Lagoas, MS e foi orientador da dissertação de Lucilene Machado sobre a obra de Clarice. Na apresentação rápida que fazem da obra, os autores manifestam a intenção de celebrarem, com a publicação, os trinta anos que se passaram após a morte de Clarice. Pensaram que haveriam de buscar uma forma diferente de apresentar a escritora brasileira, entre tantos possíveis. Como os biógrafos e críticos até este momento se preocuparam mais em revelar aspectos biográficos existenciais, críticos e analíticos da obra literária de Clarice, Edgar e Lucilene resolveram fazer uma coisa diferente: a de proporcionar aos muitos admiradores e leitores de Clarice uma série de microtextos, que pudessem envolver o leitor numa mais ampla expansão de leitura.
Com um objetivo bem claro, optaram essencialmente por apresentar o que chamaram de minibiografias ficcionais. O que seriam na verdade essas minibiografias ficcionais? Nada mais nada menos do que pequenos textos criados pelos autores tentando através deles criar uma possível percepção do traço espectral do legado da vida e da ficção deixado por Clarice. Minibiografias ficcionais que terminaram por ser planejadas dentro do tamanho de uma página. Lucilene Machado escreveu 26 textos (pp. 9-35) e Edgar Cezar vinte (pp.37-68). Autênticas machadianas e nolasquianas, na verdade, mais do que claricianas! Entretanto, se o objetivo foi o de celebrar um patrimônio literário e chamar a atenção para que Clarice ficasse ainda mais em foco, através de uma publicidade sonorizada pelos textos livres de seus dois estudiosos, diremos que valeu. Valeu muito. E vamos torcer para que muitos e muitos leitores acorram a ver a excelência dos minitextos escritos por estes dois artistas da palavra em memória de Clarice Lispector!
Brasília 30 de setembro de 2007
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 100Exibido 1390 vezesFale com o autor