Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
112 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55928 )
Cartas ( 21109)
Contos (12416)
Cordel (9754)
Crônicas (21606)
Discursos (3119)
Ensaios - (9947)
Erótico (13172)
Frases (41012)
Humor (17614)
Infantil (3597)
Infanto Juvenil (2322)
Letras de Música (5434)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136488)
Redação (2884)
Roteiro de Filme ou Novela (1047)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4428)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->Voyeur -- 19/09/2002 - 08:41 (Sidnei Olivio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Voyeur

da janela semicerrada
in-discretamente a observava
debruçada no parapeito
(com os peitos bem feitos à mostra)

na noite já posta
vigiava o silêncio
transformado em tédio
no prédio quase às escuras

e me embalava de graça
na fumaça do cigarro
(expirada prazerosamente)
em degradê com a luz difusa

do poste a luz
ampliando as suas formas
ampliava confusamente o meu anseio
aos seios impalpáveis, distantemente

a brasa rósea ardendo, ardia
e remetia à imagem dos mamilos
parcialmente escondidos
tesos feito um segredo

degredo pré-estabelecido
o resto do cigarro caindo newtonianamente
abriu a porta da realidade, como um flash
no fechar displicente da janela
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui