Usina de Letras
Usina de Letras
Usina de Letras
103 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

Artigos ( 53304 )
Cartas ( 21472)
Contos (12815)
Cordel (9274)
Crônicas (20506)
Discursos (3151)
Ensaios - (10291)
Erótico (21362)
Frases (43700)
Humor (22040)
Infantil (4558)
Infanto Juvenil (3268)
Letras de Música (5689)
Peça de Teatro (1373)
Poesias (139486)
Redação (2961)
Roteiro de Filme ou Novela (1092)
Teses / Monologos (2637)
Textos Jurídicos (2134)
Textos Religiosos/Sermões (4049)




= SERVIÇOS =
Patrocine um Autor
Vitrine
Copia CD
Facilidades para o QA
Nossa Proposta
Fale Conosco
Nota Legal
 




 
Busca | Placar | Assine/Renove | Quadro de Avisos: 1 2 | Ajuda | Autores | Central do Autor | Contato | Logoff
Serviços: Patrocine um Autor ou Texto | Vitrine | Cópia de seus Textos | | Publique seu E-BOOK|

Receba um aviso sempre que este autor publicar novos textos, clique aqui
Ensaios-->O GENERAL- POETA MÁRIO BARRETO FRANÇA -- 05/07/2003 - 23:48 (Filemon Francisco Martins)
Este autor concorda com o uso dos seus textos, desde que informem a autoria e o local da divulgação.
Patrocine esse Autor Patrocine esse Texto envie este texto para um amigoveja outros textos deste autor

O GENERAL- POETA MÁRIO BARRETO FRANÇA
(In memoriam)
Filemon F. Martins


Mário Barreto França nasceu no Recife, Pernambuco, no dia 14 de fevereiro de 1909, neto do grande Jurisconsulto, Filósofo, Professor e Poeta sergipano Tobias Barreto de Menezes.
Pertenceu ao Exército Brasileiro e destacou-se não só como militar, mas também como poeta e cultor das letras, tendo sido membro da Academia Evangélica de Letras e do Cenáculo Fluminense de História e Letras. Colaborador efetivo do Jornal Batista, editado no Rio de Janeiro e de circulação nacional, Mário Barreto França escreveu inúmeros livros de poesias, crônicas, contos e memórias, entre outros “NO JARDIM DO SENHOR”, “SOB OS CÉUS DA PALESTINA”, “DE JOELHOS”, “O LOUVOR DOS HUMILDES”, “UM CAMINHO NO DESERTO” e “RIOS NO ÊRMO”.
Sua poesia é bela, inspirada, profunda e de uma espiritualidade que fala ao coração, agradando ao mais exigente leitor. Porque fala de Deus, fala do Amor, do Bem, da Fé e da Esperança, conforme se observa nos versos a seguir: “Na sinfonia rústica da vida,/os humildes, Senhor,/à voz da natureza agradecida/irmanam seu louvor. É o dueto da Crença e da Verdade,/de Maria e José;/É o canto inspirador da Caridade,/da Esperança e da Fé.”
O Sociólogo e crítico literário Mário Ribeiro Martins no livro “ESCRITORES DE GOIÁS” no capítulo de POETAS DO EVANGELISMO BRASILEIRO, páginas 711 a 714, afirma "que o poeta estudou no Recife, Santos e Niterói, onde bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, tendo sido professor de Português, Matemática, Ciências, Educação Física e como jornalista, era filiado à Associação Fluminense de Jornalistas."
Pertencente à comunidade Batista, seus versos ainda são declamados em incontáveis Igrejas Evangélicas espalhadas pelo Brasil, sendo, portanto, um dos mais conhecidos e amados poetas brasileiros. Sua obra é numerosa, escreveu também: “E OUVIU-SE UMA VOZ DO CÉU”, “COMO AS ONDAS DO MAR”, “VEJO A GLÓRIA DE DEUS”, “MADUREIRA CHOROU NA PRISÃO”, ( Biografia de ex-detento) “PELAS QUADRAS DA VIDA” e “UM SONHO MODIFICOU MEU DESTINO”.
Alfredo Mignac, poeta, dedicando-lhe um soneto, assim se expressou: “A Mário Barreto França, esse poeta insigne da Denominação, recebendo na Bahia a merecida sagração na apoteose sublime da sua poesia evangélica.”
Sonetista de primeira, cultivou como ninguém a arte do soneto, como se vê nestes versos: “Sim, eu sei a injustiça que hei sofrido./Que vontade me vem de protestar!/Mas, domino este impulso e, decidido,/continuo servindo à Pátria e ao lar. Não choro ter, ó Deus, algo perdido,/pois sei que muito mais tens para dar./O que me dói é ver o amor fingido/em ter-se, a qualquer preço, um bom lugar.../Quanta ambição de alguns o peito invade,/pois, para alimentar sua vaidade,/mancham e ofendem de outros a moral./E, nesse anseio de melhor destino,/esquecem de Jesus o nobre ensino:/- “A cada dia basta o próprio mal!”
Trovador magnífico, escreveu trovas primorosas e líricas, como estas: “Saudade, de quando em quando,/provoca mágoas e dores,/pois vai de amores matando/quem vive lembrando amores...” “Fui menino, moço, e, agora/por que mudei tanto assim?/Lembrando os tempos de outrora,/tenho saudades de mim...”
Ainda em vida, recebeu condecorações militares, títulos honoríficos e medalhas do Pacificador, Maria Quitéria de Jesus, Mal. Caetano de Farias e outras distinções.
Participou da Coleção "Nossas Trovas", 1973, "Nossas Poesias", 1974 e "Anuário de Poetas do Brasil," Rio de Janeiro, 1975, 1976 e 1977, 2º volume, organização do saudoso poeta Aparício Fernandes.
Está presente na Enciclopédia de Literatura Brasileira, de Afrânio Coutinho e J. Galante, edição do MEC, 1990, com revisão de Graça Coutinho e Rita Moutinho Botelho, edição revista e atualizada, em 2001.

filemon.martins@uol.com.br

Obs.: Sem o registro do e-mail é impossível responder ou entrar em contato. Grato, Filemon Martins.

Comentarios

Inclua  seu comentário                               

                                            

Nome:                               Mail:

 

                                              

CAPTCHA Image          

 

   Eliane Maria  31/07/2014 13:22
Queridos, estou precisando muito da poesia de Mario Barreto França, A Heroina de Craonópoçis de Noeme Campelo.alguem pode me ajudar? Preciso urgente desse poema. Me ajudem por favor    
   Eliane Maria  31/07/2014 13:18
Queridos, estou precisando muito da poesia de Mario Barreto França, A Heroina de Craonópoçis de Noeme Campelo.alguem pode me ajudar?    
   Nathália Rodrigues  14/05/2014 12:32
Boa tarde, o Senhor sabe em que sites ou lojas posso comprar os livros do Irmão Mário Barreto
Obrigada
   
   evaldo almenara cardoso  26/04/2014 21:46
Tenho a edição de 1971 do livro de poesias de Mário Barreto França,Sob os céus da Palestina,existe edição mais recente? como consegui-la/    
   Dircelia  20/02/2014 17:37
Gostaria de adquirir ou saber onde adquirir o Poema que fala da vidad e Nome Campelo, escrita por Zacarias Campelo, qdo de sua morte. "Na Taba dos Craós/um grande vozerio, faz a tribo acordar em um grande desafio,
porque esta gente má/não nos deixa tranquilos/ e vive sem motivo algum a persegui-los"...... Obrigada pela ajuda!
   
   Elson Luiz da Silva  12/01/2014 21:26
Gostaria de saber onde adquirir os livros de Mario Barreto França ou baixar eletronicamente.
Grato.
   
   Ivone Trindade  17/10/2013 22:27
Sou admiradora das poesias de Mário Barreto França. Gostaria de adquirir os livros de sua autoria: "Um Caminho no Deserto" e "Ouviu-se uma Voz do Céu". Preciso presentear a uma pessoa muito especial. Vou aguardar.
Obrigada!
   
   cleiton  11/05/2013 17:11
Amados, infelismente e vergonhosamente confesso, sou um desconhecedor deste ícone do cristianismo; e isto é uma vergonha. Minha mãe, que tem formacao batista é quem comentou sobre o livro "sob os céus da palestina", e a partir daí, é que passei a buscar informações e ler poemas tão profundos, mas eu gostaria muito de presentear minha mãe com este livro, se alguém souber onde comprar, por favor me avise, ficarei imensamente agradecido. Obrigado.    
   delson muniz  21/04/2013 01:20
Salve !

Este remetente está precisando de uma biografia mais desenvolvida do
Prof. Mário Barreto (filólogo), pelo que ele antecipa seus agradecimentos e
fica aguardando as notícias de Vs.Srs., pois, com certeza, muito lhe irá
ajudar.
   
   Anonimo  04/04/2013 13:31
o livro de poesia de mário barreto frança, primícia da minha seara.    
   Pr. Oniel Prado  27/11/2012 09:36
Procuro os livros de Mario Barreto França "Louvor dos Humildes" e "Primícias da minha Seara". Você os tem? Faça contato comigo, por gentileza. pr.onielprado@hotmail.com    
   Pr. Oniel Prado  27/11/2012 09:33
Procuro os livros de poemas do autor MARIO BARRETO FRANÇA. Se você os tiver para venda ou doação, faça contato através do email cadastrado, por gentileza.    
   ISAIAS PINHEIRO  10/10/2012 19:30
Peço enviar antes do dia do professor para o meu E-mail, a poesia de Mário Barreto França Na estrada da vida ele fez de mim um homem    
   neuma pereira da silva  09/05/2012 13:28
SRA. PAULINAhotmail.com
eu tenho o livro primicias de minha seara de mario barreto frança.moro em teresópolis, entre em contato comigo neumanema@
   
   Paulina  24/04/2012 02:11
Sou Paulina tenho 90 anos e ainda declamo as poesias que aprendi com Mário Barreto França, quando aos 19 anos na Igreja Batista do Méier tive aulas de declamação com o professor Mário Barreto. Hoje com noventa anos guardo na memória suas expressões quando nos orientava a falar em público. Gostaria muito de reaver o livro “SOB OS CÉUS DA PALESTINA” e Primícias da minha seara. Pode me ajudar? Que a paz do Senhor reine em sua vida.    
   Paulina  24/04/2012 02:05
Sou Paulina tenho 90 anos e ainda declamos as poesias que aprendi com Mário Barreto França, quando aos 19 anos na Igreja Batista do Méier tive aulas de declamação com o professor Mário Barreto. Hoje com noventa anos guardo na memória suas espreçoes quando nos orientava a falar em público. Gostaria muito de reaver o livro “SOB OS CÉUS DA PALESTINA” e Primícias da minha seara. Pode me ajudar? Que a paz do Senhor reine em sua vida.    
   joazinho  03/04/2012 11:02
   
   barbara  18/03/2012 15:21
Quem puder me ajudar, peço que me envie poesias de M.B.França: Somos Cem, outra que fala sobre a conversão de Saulo e Heroína de Craonópolis. Desde já, obrigada.
Onde eu posso conseguir livros de poesias de Mário B. França? + uma vez, obrigada.
   
   EDNA ULISSES  13/03/2012 12:09
Eu gostaria de obter a poesia a (Heroína de craonópolis)de Mário Barreto frança que se encontra no livro de poesia SOB O CÉUS DA PALESTINA.    
   fsLzNHsBleaZ  10/03/2012 05:36
Prezado Daniel,Seu blog e9 um oe1sis de Alegria, e com certeza praeassi bons momentos navegando por ele. Um abrae7o do Brasil, da Ilha de Florianf3polis.Suas poesias e as do Mestre Tagore, agora, ve3o comigo tambe9m.Leo    
   isaias Pinheiro  21/02/2012 16:25
quro a poesia ele fez de mim um homem de mário barreto França. Grato    
   Vanusia  16/02/2012 11:46
aprecio muito a poesia de Mario Barreto França. Gostaria de receber as poesias: AS DUAS TAÇAS, A HEROINA DE CRAONOPOLIS, NO GETSEMANI, SANSAO E DALILA, A CONVERSAO DE SAULO. Quem tiver alguma, por favor me envie, ok? obrigada.    
   liondinauva  02/02/2012 15:44
precisa urgente da poesia de mario barreto frança. NO GETSEMANI    
   clenir  29/12/2011 18:35
onde posso encontrar os livros de mario barreto frança???    
   lizete belido barreto rocha  15/10/2011 19:34
Filemon,
Também sou do tempo das declamadoras e tive o privilégio de , aos dez anos, declamar numa Convenção em Macaé, RJ, tendo o poeta como ouvinte. Guardo na lembrança trechos dos poemas, mas ao longo tempo perdi os livros. Eu e minha irmã temos interesse nos textos se for impossível adquirir os livros.
parabéns por seu trabalho.
Lizete Belido Barreto Rocha
   
   paulo moreira   05/10/2011 08:57
fiquei feliz por esse espaço , gostaria muito de receber as poesias Sansão e Dalila , e os dramas da bençao, aguardo    
   Eunice de Souza Cruz  04/10/2011 09:13
Gostaria que me enviassem a poesia Sansão e Dalila de Mario Barreto França. Obrigada.    
   Marta Matozo  02/09/2011 09:58
Eu tenho a poesia "As duas mães".    
   Marta Matozo  02/09/2011 09:57
É lamentável que a Prefeitura do Recife (sec.de educação) não o reconheceu como poeta pernambucano no ano letivo dedicado aos poetas pernambucanos (2009).    
   BETA PAIVA  28/08/2011 21:55
MEU IRMÃO FIQUEI MUITO FEZIZ EM LHE ENCONTRAR,POIS DESDE DOS MEUS 14 ANOS QUE DECLAMO AS POESIAS DE MARIO BARRETO FRANÇA,HOJE ESTOU COM 64 ANOS E SINTO QUE ESSE É O MEU MINISTÉRIO NAS IGREJAS DAQUI DA PARAIBA.PEÇO-LHE POR GENTILEZA QUE ME ENVIE A HEROÍNA DE CRAONOPOLIS E OUTRAS SE FOR POSSÍVEL.AGRADEÇO DESDE JÁ.    
   Noêmia Oliveira do Nascimento  18/07/2011 17:41
Gostaria que me enviassem a letra do poema que fala de um prisioneiro .do autor Mário Barreto França.    
   Cristina Cardoso  13/07/2011 07:21
Graças a Deus Zilda que você vai me enviar a poesia a HEROINA DE CRAONOPOLIS. Estou bastante feliz. Beijos e braços e Deus continue te abençoando. Estou a disposição, se precisar de alguma poesia.    
   Cristina Cardoso  07/07/2011 17:00
sou muito feliz, se você me enviar a pooesia A HEROINA DE CRAONÓPOLIS. BEIJOS.    
   lucia mesquita  01/07/2011 16:59
peço que me enviem todas as poesias de Mario Barreto França que tiverem    
   Gabriela Mello  18/06/2011 10:22
Estou tentando conseguir o poemeto "Somos Cem" de Mário Barreto França, do livro "Rios no Êrmo". Ele também é encontrado no livro "Primícias da minha Seara". Pode me ajudar? É para ser declamado no culto de Missoes, sobre a Igreja Perseguida.

   
   zilda costa  17/05/2011 17:33
Tenho as poesias: A heroina de Craonópolis,(Walmir Rocha) Ele fez de mim um homem (Isaias Pinheiro) A conversão de Saulo (Sonia)
Se vocês ainda estiverem interessados, mandem-me os seus emails, que eu envio.
Abraços

   
   sonia  21/04/2011 14:45
Tenho alguns versos na memória de uma antiga poesia que gostaria de reencontrar. Creio que seja de Mário Barreto França e fala sobre a conversão de Saulo no caminho de Damasco. "Saulo, perseguidor do evangelho sublime" é assim que começa. Poderia me ajudar?    
   Isaias Pinheiro  20/03/2011 11:16
Gostaria de receber em meu E-mail, a poesia de Mário Barreto França, NA ESTRADA DA VIDA ELE FEZ DE MIM UM HOMEM    
   WALMIR RODRIGUES ROCHA  03/03/2011 10:27
MUITO INTERESSANTE ESTE POETA EVANGÉLICO. GOSTARIA DE ENCONTRAR UMA POESIA DELES QUE FALA DOS ÍNDIOS CRAÔS E COMEÇA ASSIM: "NA TABA DOS CRAÔS UM GRANDE VOZERIO A TRIBO ACORDOU NUM ALTIVO DESAFIO. PORQUE ESTA GENTE MÁ NÃO OS DEIXA TRANQUILOS E VIVE SEM MOTIVO ALGUM A PERSEGUI-LOS? POIS QUE SEJA MALDITA A IMPOSIÇÃO CRISTÃ QUE TENTA OS AFASTAR DO GRANDE DEUS TUPÃ!" - SE PUDEREM ME AJUDAR, AGRADEÇO.    
   sidronia paranaguá  05/12/2010 10:30
Gostaria de receber uma poesia de Mario Barreto França que aprendi na juventude e começa assim: A humanidade passa passageira indiferente pela estrada da vida, segue atraída pelo brilho do ouro, pelas glórias passageiras....
Agradeceria muito tê-la para transmitir a nova geração familiar.
Obrigada
Sidronia Paranaguá - Londrina-Pr
   
   Walmir Rocha  26/11/2010 02:06
gostaria de encontrar uma poesia de Mario Barreto França sobre missões indígenas    
   zinira da silva kruger  19/11/2010 21:41
Gostaria de encontrar uma poesia de Mario Barreto frança do livro Rios no Ermo, que co9meçava assi: foi numa vila antiga ia morrendo o dia de sua vellha mãe alguem se despedia.Mãe vou-me embora essa voila mesquinha não cuida outra coisa é só da vida minha....    



De sua nota para este Texto             
Currículo do Autor Exibido 10150 vezesFale com o autor  
 
Receba um aviso sempre que este autor publicar novos textos, clique aqui
Patrocine esse Autor Patrocine esse Texto envie este texto para um amigoveja outros textos deste autor





VITRINA DE E-BOOKS
OS PROBLEMAS DO PAÍS E A FALTA DE ATITUDE DOS POLÍTICOS
Nilza Paiva
SESMARIA DE OUTONO
José Ernesto Kappel
O SEQUESTRO DO DEPUTADO
Djalma Ferreira
VITRINA DE LIVROS IMPRESSOS
HISTÓRIAS QUE CONTAVA PARA O MEU NETO
Maria Hilda de J. Alão
FUTEBOL TAMBÉM É COISA DE MULHER
Maria Teresa Innecco Corrêas
Dona Joaquina do Pompéu-Sua História e a sua Gente
Deusdedit P.R. Campos
BACABA II - TODA A VERDADE SOBRE A GUERRILHA DO ARAGUAIA E A REVOLUÇÃO DE 1964
José Vargas Jiménez
Estação Jugular - Uma estrada para Van Gogh
Allan Pitz
Estação Poética - Jandira Costa
Ana Carolin
Lina e Lero e o Castelo Mágico - Lina et Lero et le Château Magique
Ana Carolina Vieira
Kôra: o pressentimento do dragão
Ana Flávia Abreu
Humor Vermelho - vol. 2
org. por Barbara Cassará
Humor Vermelho - vol. 1
Isabella Saes
Ninguém quer comer meu ovo
Chef Batato (Barbara Cassará, Tatiana Berlim e Tomaz Adour)
VERTIGEM LUNAR
Fernando Pellisoli
A Última Entrevista de José Saramago
José Rodrigues dos Santos
Seu Adolpho
Felipe Pena
O Melhor da Pior Parte
JBruno Graciano
Contente em Ler - Cineastas – Volume I
Varios Cineastas
Divulgue seu livro