Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
66 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54787 )
Cartas ( 21052)
Contos (12083)
Cordel (9481)
Crônicas (21043)
Discursos (3104)
Ensaios - (9893)
Erótico (13117)
Frases (39763)
Humor (17540)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2307)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135497)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4164)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Branca -- 07/03/2002 - 13:28 (VALMIR JOSE NUNES VIANA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
As areias cobrem este chão
coberto de seus pés
encontro suas pegadas
que praia poderia apaga-las
essa areia branca igual
poema no instrumento
realista do acorda da noite
entre passos possuo
aquilo que lhe pertence movimento
capitou tua letra ao vento
entre cabelos a dançar
minha coragem realça
alma encantada a compor
versos do eterno
vou no cavalo encontrada
poesia preza nos nós
da ensolarada primavera
verter amor
branca como céu aberto
pelo lençóis que lavais
em meio aos astros que compõe
aos filhos do caminho
semente do pensamento
quando quis falar do porvir
entre figuras que alcançam
o vazo da pureza.

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui