Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
144 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56920 )
Cartas ( 21164)
Contos (12585)
Cordel (10041)
Crônicas (22162)
Discursos (3133)
Ensaios - (8973)
Erótico (13389)
Frases (43445)
Humor (18412)
Infantil (3758)
Infanto Juvenil (2645)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138081)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2399)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4809)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->JOGANDO COM A TORCIDA -- 20/06/2019 - 20:16 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
JOGANDO COM A TORCIDA

A polarização político partidária tem feito, nos últimos tempos, muitos cidadãos brasileiros bem-intencionados reféns de si mesmos; o fanatismo e o ideologismo exacerbados, também.

Lamentavelmente, tem sido comum observar no dia a dia dessa política partidária controversa, muitos cidadãos perderem uma boa parte do seu precioso tempo, defendendo ou atacando com unhas e dentes afiados os políticos que lhes convêm fazê-lo, agindo como verdadeiros torcedores esportivos, a troco de nada.

Enquanto isso, a classe atuante da política partidária nacional permanece entrincheirada na sua redoma convencional de sempre, tirando algum proveito de todo esse burburinho externo entre seus eleitores e, sem nenhuma parcimônia, já se organizam para conseguir os votos necessários para serem eleitos ou reeleitos nas próximas eleições.

Como acontece nas torcidas de futebol, todos esses cidadãos têm seus ídolos de carteirinhas e os colocam como suprassumos das ideologias que eles professam, independentemente das vantagens ou desvantagens que isso possam trazer para suas vidas.

Avança Brasil!!!

Comentários
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 27 vezesFale com o autor