Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
121 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56399 )
Cartas ( 21119)
Contos (12484)
Cordel (9833)
Crônicas (21794)
Discursos (3122)
Ensaios - (9978)
Erótico (13197)
Frases (41439)
Humor (17685)
Infantil (3603)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5445)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136913)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4474)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Carta a Rivkah Cohen -- 29/12/2007 - 00:47 (Leon Frejda Szklarowsky) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Minha cara Rivkah Cohen

Ontem, realmente foi um tarde de muita alegria e de surpresas agradáveis. Ligo o computador inúmeras vezes, durante o dia, e não termino minha jornada, altas horas da noite, sem verificar se existem novidades e mensagens. Não importam quais. Adoro recebê-las. Encontrei o e-mail do nosso amigo fraterno, Henrique Ramalho, mandando-me navegar para o site – tradições judaicas. Fi-lo, de imediato, sem pestanejar. Ordens de amigos não se discutem, cumprem-se, prazerosamente.
Que dádiva. Que magnificência. Foi o ponto de encontro entre pessoas, fatos e histórias comoventes, que me fizeram chorar e me emocionaram, intensamente, a ponto de repetir, hoje, a caminhada, com imenso prazer. E fá-lo-ei, sempre, porque o site, na verdade, não é um simples portal, mas um museu, um templo de sabedoria, de beleza, onde se aprende muito e se encontram amigos ou desconhecidos que logo se tornam íntimos. Isto é a internet, minha amiga. É a história viva do ser humano.
Realmente, esta magnífica invenção do século XX transformou a civilização, permitindo a comunhão entre os seres humanos, instantaneamente. A informática, como as grandes descobertas e a revolução tecnológica e espiritual, desbrava uma nova era para a humanidade: o ingresso na idade de ouro espiritual e moral! A comunhão da humanidade através da comunicação.
Não olvidemos que a INTERNET é o meio mais rápido e fascinante de participação entre os seres humanos, através do ciberespaço, permitindo que pessoas desconhecidas se tornem fraternas, em questão de segundos, e os conhecimentos se espraiem por todos os cantos do mundo, facilitando de vez o melhor entrosamento humano.
Passeando, há pouco, pela internet, no seu site, descobri que você gosta de Brasília, onde reside, por opção, como eu. De fato, Brasília, a princesinha do cerrado, é o pólo cultural, político e de desenvolvimento do Brasil; ela, jovenzinha e esbelta, encanta a quem ali aporta. Descobri também que você é uma notável poetisa e o poeta é o interlocutor da sociedade e de sua alma, pois tem um pouco de cada ser humano e, de sua síntese, ele produz sua obra. Afinal, a poesia confunde-se com a vibração das idéias, com o banquete em que se confraternizam e brincam alegremente, com as palavras, que não são mais palavras, com as idéias que não são mais idéias, porque os folguedos tomaram conta do feliz ledor, que se assenhoreou delas e tomou-as por conquista, de direito.
Parabéns pelo seu trabalho e pelo seu talento.
Receba um fraternal abraço
Brasília, 28 de dezembro de 2007

Leon Frejda Szklarowsky
leonfs@solar.com.br


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui