Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
100 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56720 )
Cartas ( 21159)
Contos (12582)
Cordel (10005)
Crônicas (22134)
Discursos (3130)
Ensaios - (8935)
Erótico (13377)
Frases (43186)
Humor (18333)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2595)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137945)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4720)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->Jesus volta... -- 10/03/2019 - 23:19 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Jesus desceu à terra e veio dar uma mão ao SUS. Compadecido com as imensas dificuldades no atendimento do órgão, diante de uma fila interminável, aproximou-se do médico atendente, já quase desfalecido após quase 24 horas ininterruptas de trabalho e lhe disse:

- Vai irmão, vai descansar. Vim para substituí-lo. 

O médico obedeceu, aliviado, e partiu, cedendo seu lugar ao recém-chegado, sem nada perguntar. E de cara, Jesus passou ao serviço, dizendo, em alta voz:

- O próximo!

Era um cadeirante, que penosamente chegou em frente à mesa do novo médico, que sem mais nem menos, foi comandando:

- Levanta-te, irmão. E retorna para junto dos teus...!

E o homem levantou-se, incrédulo, deu uma voltinha em torno de sua cadeira de rodas, colocou-a no ombro, e partiu...E ao passar pela porta do consultório, foi abordado pelo primeiro da fila, que seria o próximo a ser chamado. Diante da pergunta:

- ô irmão, como foi a consulta, gostou do novo médico...?

E a resposta foi rápida e incisiva:

- Consultou-me em menos de dois minutos...nada me perguntou, não me apalpou, não pediu exame de nada, e mal olhou pra mim... eles  tudo a mesma porcaria...!


Comentários

Adão de Sousa Lina Lina  - 15/03/2019

PIAUIENSES NA RODA E FESTA COM LAMPIÃO.

No tempo do Padre Cicero era comum romarias de quase todo Nordeste até do Piauí. No ano 1926 saíram do Piaui uma caravana de de romeiros uns montados a cavalos burros e jumentos, outros a pé. Vou enumerá-los se ainda recordo. Gabriel que já era conhecido do Padre Cícero, mesmo jovem com 26 anos era o chefe da romaria. Mariano e Maria irmãos de Gabriel. João Magalhães, Mariana mulher. Zé Pequeno, Antônia mulher e Bárbara, Zé Mendes e mulher. Manoel Antônio do Jatobazinho e Rosa mulher, Eugênio Marcos, Chicão da Gameleira e Ana irmã dele. Belarmino e Aureliana, Da Raiz, Máximo, Inácio e Terto meus tios. Gregorão de Moreira e Máximo patrão de Gabriel. Felisk e Benedito seu irmão Dilina e Maria mulher de Benedito.
Julio Dias Curral Novo, Paulo Velho de Riacho Piauí ainda rapazinho, Mané Vicente de Canto do Buriti, Manoel Bodeiro pai de Egídio Raposo de São Raimundo Nonato Piaui, Alexandre Oliveira e Amélia mulher, Alvino Soares Idalina mulher, Gabriel Américo e Januária mulher.Alvino Ribeiro do Baixão e Josefa mulher.
Após a missa em Juazeiro com Padre Cícero, foram para uma fazenda de um coronel Antônio de Santana onde teve três dias de festa uma noite só roda de São Gonçalo feita por Gabriel e Benedito. Felisk e Júlio Dias quem tocaram as rodas. Os outros dois dias foi só de forró comendo bebendo e dançando.
Só do Piauí foram cinco sanfoneiros lá juntaram com seu Dedeu pai de Zé Calixto, seu Januário pai de Luis Gonzaga; Zé Rufino que matou o cangaceiro Corisco. No terceiro dia ocorreu um fato inusitado. Lampião chegou e entrou na dança, ora tocava pé de bode, ora dançava.
Dizem que foi a festa mais animada que o sertão já teve, com o povo e sanfoneiros do Piaui, Pernambuco, Ceará e Paraíba.

ADÃO NHOZINHO

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 83 vezesFale com o autor