Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
113 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56938 )
Cartas ( 21165)
Contos (12589)
Cordel (10045)
Crônicas (22167)
Discursos (3133)
Ensaios - (8976)
Erótico (13389)
Frases (43457)
Humor (18418)
Infantil (3758)
Infanto Juvenil (2649)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138108)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2399)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4811)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Envelhecido -- 22/08/2019 - 18:40 (Lorde Kalidus) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O cheiro do mato gera ansiedade

Bem como a lareira e o vinho do Porto

As expectativas são como as de um morto

E sorrisos passados não deixam saudade

 

Existe a lembrança de todo momento

Que me levou do paraíso ao inferno

Fui do momento agonizante ao mais belo

E cada paixão era um novo tormento

 

Mas o que já foi dor ou felicidade

Se tornou menos que a sombra

Do que levou o coração a bater

 

Corpos formosos foram esquecidos

Bem como as noites que não dividimos

Nas quais senti minha alma morrer.

 

 

02 de março de 2019

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 18 vezesFale com o autor