Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56723 )
Cartas ( 21128)
Contos (12517)
Cordel (9865)
Crônicas (21897)
Discursos (3121)
Ensaios - (10001)
Erótico (13200)
Frases (41730)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137078)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Bendito sejas, Poeta! (a Francisco Libânio) -- 01/03/2004 - 22:49 (MARIA PETRONILHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

(ao Poeta e Amigo Francisco Libânio, pelo seu aniversário)


Desabrochaste Poeta
Com as ansiadas flores
Que o mês de Março descobre
Dentre a frieza e a névoa
Para reabrir a porta
Da primavera suspensa
Nos gomos da Poesia.

Do terno ventre bonança
Tua palavra é ternura
Brilha solta leve e pura

Bendito sejas, Francisco!
Tua vida flor de ventura!


Almada, Portugal, 2 de Março de 2004


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui