Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
75 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54839 )
Cartas ( 21056)
Contos (12106)
Cordel (9510)
Crônicas (21077)
Discursos (3106)
Ensaios - (9897)
Erótico (13126)
Frases (39799)
Humor (17545)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135520)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4173)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->PERDE-SE A VIDA ... (Soneto) -- 24/03/2009 - 14:12 (Armando A. C. Garcia) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131005758758875600

PERDE-SE A VIDA ...


Ao ambicionar viver, perde-se a vida
Na cobiça de ser feliz e não puder
Se soubéssemos amar e não sofrer
Teríamos esperança, na fé consentida

Para em cada situação por nós sentida
Sem temores, sabermos seguir em frente
Consultando a consciência confidente
Para não perder o tino desiludida

Cobre de bondade e sentimento tanto
Que o tempo passe sem perturbar a paz
Para ouvir de novo da tua voz o canto

E assimilar à calmaria tenaz
Não as lamúrias dum coração em pranto
Mas a expressão da verdade que apraz


São Paulo, 24/03/2009
Armando A. C. Garcia

E-mail: armandoacgarcia@superig.com.br
Visite meu blog: http://brisadapoesia.blogspot.com

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 12Exibido 867 vezesFale com o autor