Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
86 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54594 )
Cartas ( 21042)
Contos (12045)
Cordel (9416)
Crônicas (20965)
Discursos (3104)
Ensaios - (9880)
Erótico (13101)
Frases (39628)
Humor (17532)
Infantil (3554)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5408)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135300)
Redação (2862)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1912)
Textos Religiosos/Sermões (4137)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Poema -- 04/02/2009 - 12:34 (VALMIR JOSE NUNES VIANA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Quando os versos surgem
ressuscita todo um jardim,
arte de fazer poesia
qual é há poética da fina flor.

Como ninhos de voos
todo céu reflete Criação,
como perfumes dos orvalhos
o canto perdura nos mares.

Oculto sol da madrugada
há noite te espelhas sonhadora,
bem perto o tempo não esquece
os caminhos enluarado dos luzeiros.


Valmir Viana.
poeta
Olinda,25/01/2009.

http://sites.google.com/site/valmirviana
valmirviana@gmail.com
www.valmir-viana.blogspot.com
81 9236 6409
 

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui