Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
66 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54396 )
Cartas ( 21031)
Contos (12030)
Cordel (9349)
Crônicas (20778)
Discursos (3097)
Ensaios - (9868)
Erótico (13087)
Frases (39448)
Humor (17507)
Infantil (3550)
Infanto Juvenil (2302)
Letras de Música (5406)
Peça de Teatro (1308)
Poesias (134973)
Redação (2860)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2368)
Textos Jurídicos (1911)
Textos Religiosos/Sermões (4089)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Belas Artes -- 04/02/2009 - 12:30 (VALMIR JOSE NUNES VIANA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Belas Artes

A beleza em sua nobreza vertente
na filosofia desperta uma fonte,
com jardins celestes de moradas
cores verbais são cânticos de reinos.

Desce pela montanha uma chuva
banhando genealógicas árvores,
estrelas refletida do olhar bivial
quadro dos paradigmas virtuais.

Veste tu estética luz idealizada
humana canção dos filhos seus,
faz existir há ponte que passa
o lado sublime das artes belas.

Valmir Viana.
poeta
sites.google.com/site/valmirviana

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui