Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
101 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54717 )
Cartas ( 21051)
Contos (12072)
Cordel (9440)
Crônicas (21012)
Discursos (3106)
Ensaios - (9890)
Erótico (13106)
Frases (39732)
Humor (17538)
Infantil (3557)
Infanto Juvenil (2306)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135400)
Redação (2862)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4159)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Travessias do Tempo -- 04/12/2008 - 14:44 (Dolores Marques) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Choro por ti em mim
Confio na demarcação deste sonho
Sou só um nome sem ruído de fundo

Entrego-me ao nu desejo indolor
Sitiado no calor da paixão
Cedo aos ais de um sopro quente

Verso as formas em folhas soltas
Traço os contornos num doce canto
Fixo-me na calmaria das palavras que se cruzam

Terno encanto solta lágrimas correntes
Enchentes de marés, vazantes de quimeras
Nos alaúdes entristecidos

Nas travessias do tempo
Mostro-me a multidões a descoberto
E só eu neste mundo que é mundo
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui