Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56008 )
Cartas ( 21109)
Contos (12422)
Cordel (9780)
Crônicas (21645)
Discursos (3119)
Ensaios - (9949)
Erótico (13188)
Frases (41096)
Humor (17622)
Infantil (3597)
Infanto Juvenil (2324)
Letras de Música (5441)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136578)
Redação (2884)
Roteiro de Filme ou Novela (1047)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4450)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->A Arte do Encontro -- 19/11/2008 - 18:39 (Dolores Marques) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Diz-me como voltar a sentir
Se já nem sei
Como desejar-te
Não me lembro de mim
Não sei de ti
Só quero adormecer no teu sorriso

Diz-me por onde anda este amor
Procuro-o e não o encontro
Os caminhos que percorro
Deixam-me tão cansada
Não sei como chegar a ti

Hoje vou dormir um sono leve
De olhos semi-abertos
Esperarei por ele
Como quem espera por destino incerto

Fala-me dos pingos de chuva
Que me acordam nas madrugadas
Da musica que ouço
Dos bailados entre portas
Sossegados...
Extasiados

Fala-me do frio que se intromete
No meu leito quente
Os lençóis de seda
Escorregam no meu corpo
E tu amoleces os gestos
Calas as palavras…
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui