Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
65 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55345 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21339)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40254)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4239)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Tempo de Letras -- 22/04/2008 - 13:50 (VALMIR JOSE NUNES VIANA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Tempo de Letras
Valmir Viana.

uma geração de pulsar canção
que em horas rima uma cadência,
tu vez há volta do agora
pela lente de um pensar material.

Quântica fibra tua alma
palpita nos termos infinito,
tua voz ausente de jardins pisa meu
ser que a te saudade vivi.

Porção de um espaço,o condor
desenha tua sombra do arbítrio
nos montes onde um canto
anuncia ciclos de tempo de letras.

(81)9128-6529


Ofício

http://valmirviana.blog.terra.com.br

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui