Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54786 )
Cartas ( 21052)
Contos (12082)
Cordel (9478)
Crônicas (21038)
Discursos (3104)
Ensaios - (9893)
Erótico (13116)
Frases (39763)
Humor (17540)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2307)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135495)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4164)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->O tempo dos militares e os dias de hoje -- 01/04/2014 - 09:14 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O tempo dos militares e os dias de hoje

Olavo de Carvalho

O Globo, 1º Jan 2005

Do ponto de vista do direito à vida, a diferença entre o tempo dos militares e os dias de hoje é simples e autoevidente: naquela época havia tranquilidade para a maioria dos brasileiros, mas não para a pequena elite esquerdista que tinha boas razões para sentir-se ameaçada. Hoje, essa elite – 10 mil pessoas no máximo – desfruta de todas as garantias de paz e segurança que a prosperidade à sombra do governo pode oferecer, enquanto os demais brasileiros vivem expostos ao terror cotidiano nas mãos de narcotraficantes, assaltantes, homicidas e sequestradores.  

Passamos de uma relativa igualdade capitalista à cruel e cínica desigualdade socialista. Em cima, a nomenklatura, arrogante, prepotente, onissapiente, segura de si, vivendo às custas do Estado, sob a proteção de guardas armados. Embaixo, o povo, sem meios de defesa, entregue aos caprichos de delinquentes sanguinários.

Tão egoísta e desavergonhada é essa elite, que chora mais – e despende mais dinheiro público – pelos seus trezentos companheiros terroristas mortos pela repressão militar, do que pelos cinquenta mil civis desarmados que são anualmente assassinados por bandidos neste país.

 

Comentário

Félix Maier

Na verdade, são cerca de 60 mil assassinatos anuais. Acrescente-se a essa chacina monumental os cerca de 60 mil mortos em acidentes de trânsito por ano e tem-se o verdadeiro Holocausto Brasileiro, não aquele da “Colônia” de Barbacena (hospício) exposto no livro de Daniela Arbex. Esses números escabrosos são consequência da impunidade, devido a leis que só beneficiam bandidos, e do desarmamento da população trabalhadora.

Isso significa que em 10 anos de governo petista foram 1.200.000 mortes, em 12 anos (fim do governo Dilma) serão 1.440.000 mortos. Você ainda tem coragem de reeleger a antiga terrorista da VAR-Palmares, para que o Brasil chegue próximo aos 2.000.000 de mortos no final de 2018?

Além desse Holocausto Brasileiro, cerca de 50.000 pessoas desaparecem anualmente no Brasil. Em 12 anos de governo petista, serão 600.000 pessoas desaparecidas. Em 18 anos (vade retro satanás petista!), serão 900.000. E Maria do Rosário, da Secretaria dos Direitos dos Manos, chamada de Maria do Ossário – por sua predileção pelas ossadas dos terroristas mortos e desaparecidos – nada diz, não se envergonha dessa calamidade nacional e continua covardemente muda, como são covardes todos os esquerdistas do mundo.

Por que os esquerdistas não vão para Cuba que os pariu?

 

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

Uma seleção de artigos. Imperdível!

 

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=12991&cat=Ensaios

 

Faça download do livro de Tuma Jr., ASSASSINATO DE REPUTAÇÕES - UM CRIME DE ESTADO, clicando em

http://liciomaciel.wordpress.com/2014/01/15/tuma-jr-livro-download

A transcrição do livro de Tuminha pode ser vista em http://pt.slideshare.net/CelsoDaviRodrigues/livro-assassinato-de-reputaoes-tuma-junior

 

Leia os textos de Félix Maier acessando:

1) Mídia Sem Máscara

http://www.midiasemmascara.org/colunistas/10217-felix-maier.html

2) Piracema - Nadando contra a corrente (textos mais antigos)

http://felixmaier.blogspot.com/

 

3) Piracema II – Nadando contra a corrente (textos mais recentes)

http://felixmaier1950.blogspot.com/

 

Leia as últimas postagens de Félix Maier em Usina de Letras clicando em

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotextoautor.php?user=FSFVIGHM

 

Para conhecer a história do terrorismo no Brasil, acesse:

http://wikiterrorismobrasil.blogspot.com.br/

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 580Exibido 935 vezesFale com o autor