Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54786 )
Cartas ( 21052)
Contos (12082)
Cordel (9478)
Crônicas (21038)
Discursos (3104)
Ensaios - (9893)
Erótico (13116)
Frases (39763)
Humor (17540)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2307)
Letras de Música (5410)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135495)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4164)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->10 técnicas para manipular a população, por Noam Chomsky -- 07/01/2013 - 13:09 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Aos meus amigos
 
Preparem-se para a guerra psicológica que está em andamento.  Entendam como as esquerdas manipulam o pensamento do povo.
Observem que o preâmbulo de Chomksy se refere à Mídia como se ela fosse culpada da manipulação, quando, na realidade, foram os comunistas e socialistas que cooptaram e dominaram a mídia, e são os responsáveis pelo uso generalizado e institucionalizado destas técnicas, manipulando a mídia.
 
Abcs
Dominguez

 

10 técnicas infalíveis para manipular a população

 

O filósofo, linguista e ativista político norte-americano Avram Noam Chomsky desenvolveu uma lista de 10 estratégias utilizadas pela mídia como um todo para manipular a população em geral.

 

Distração

Uma das principais técnicas de controle social é a denominada estratégia da distração. Basicamente, esse método consiste em desviar o público de problemas sociais, políticos e econômicos. Somos bombardeados pela TV com informações insignificantes, tornando mais difícil o público ganhar interesse em assuntos essenciais, como científicos, sociais, econômicos, psicológicos, e por aí vai. Manter as pessoas ocupadas com questões sem importância é boa técnica de manipulação.

 

Problema-reação-solução

Outra técnica muito conhecida e discutida consiste em criar um problema de impacto emocionalmente forte sobre a população, esperar a reação das pessoas e por fim colocar em prática um plano que beneficie o sistema. Um exemplo disso é um ataque terrorista. Dependendo de sua intensidade, o povo abriria mão de muitas coisas em troca de segurança. Após o atentado de 11 de Setembro de 2001, por exemplo, o governo dos EUA aprovou uma lei denominada Ato Patriótico, no qual agências públicas ganharam o poder de invadir legalmente a privacidade dos cidadãos.

 

Gradação

É simples fazer a população aceitar uma medida inaceitável, basta ter tempo. Aplicar um plano gradativamente é uma excelente alternativa de controle. Assim que condições socioeconômicas radicais (neoliberalismo) foram implantadas durante os anos 80 e 90: Privatizações, precariedade, desemprego, baixos salários. Tantas mudanças que causariam uma revolução caso tivesse sido aplicadas de uma só vez.

Obs: Chomsky, como todo homem de esquerda, sabe usar muito bem estas técnicas.  Reparem que até este artigo, com a difusão destas técnicas, usa uma delas.  Ele já vem com uma mensagem subliminar – “O neoliberalismo e as privatizações são coisas ruins....”

 

A técnica do "deferido"

Outro método de fazer as pessoas aceitarem uma medida que não convém muito a elas é apresentá-la como sendo necessária e dolorosa, no qual será aplicada no futuro. É mais simples se aceitar um sacrifício futuro que um imediato, até porque as pessoas normalmente tendem a acreditar que amanhã tudo estará melhor, e que talvez o sacrifício já seja desnecessário.

 

Infantilidade

Grande parte das publicidades utiliza argumentos, personagens, entonação e até mesmo personagens infantis, como se fôssemos todos pequenas crianças ou deficientes mentais. O tom de infantilidade aumenta proporcionalmente à intenção de se enganar o telespectador. A resposta ou reação dele tende a ter também um senso crítico equivalente ao de uma criança.

 

Mensagens subliminares

Se aproveitar da fragilidade emocional de grande parte das pessoas é outra técnica bastante utilizada para manipulação, a fim de causar um curto-circuito no senso crítico de cada um. Para isso, a mídia constantemente se utiliza da técnica das mensagens subliminares, sobretudo na televisão, a fim de manipular a mente das pessoas.

 

Mantendo o público na ignorância

Essa obviamente é a técnica mais utilizada como forma de manipulação e a mais eficiente, sobretudo em países como o Brasil. Não querem que saibamos os métodos que utilizam para nos manter na escravidão.

Obs: Essa técnica é utilizada em conjunto com a técnica da distração. Não é a toa que se investe tão pouco em educação para as classes baixas, afinal de contas, um povo ignorante é mais fácil de controlar. Na televisão, poucos são os conteúdos de qualidade apresentados e a situação está cada vez pior. Outro exemplo é a música, que teve uma decadência assustadora em termos de qualidade (conteúdo) desde o início do século XXI, principalmente aqui no Brasil. Isso sem mencionar alguns sistemas religiosos que são uma forma descarada de alienação.

 

Estimular o público a permanecer na ignorância

Fazer com que as pessoas acreditem que ser estúpido, vulgar e inculto é moda. Exemplo disso é a música e estilo divulgados pela televisão.

Obs:  Lula é um perfeito exemplo do uso desta regra pelos políticos.  Ele faz questão de se apresentar como um estúpido, vulgar e inculto que chegou a Presidente.  Só este comportamento do ex-presidente seria suficiente para garantir a ele muitos anos de prisão, pelo mal que fez ao povo brasileiro.  Serão necessários muitos anos de sucessivos governos realmente honestos e bem intencionados, para desfazer o mal que Lula causou nas mentes brasileiras.

 

Fazer com que as pessoas sintam-se culpadas

Essa técnica de manipulação consiste em fazer com que a pessoa acredite que somente ela é culpada pela sua própria infelicidade (falta de inteligência, pobreza, incapacidade?). Assim o indivíduo não irá se revoltar contra o sistema político-econômico, e irá se culpar por tudo, gerando um estado depressivo no qual o ser se sente inibido a agir. Sem ação não há revolução!

 

Eles sabem mais sobre nós do que nós mesmos

Com o constante avanço da tecnologia, ciência, biologia e psicologia, criou-se uma grande distância entre os conhecimentos do grande público e aquilo que realmente existe e eles sabem. E o sistema tem se aproveitado muito bem disso, e possui o poder de conhecer melhor cada pessoa que elas mesmas, ou seja, o sistema exerce um controle e poder maior sobre as pessoas do que as pessoas em si.

 

...É muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se à derrota; do que formar fila com os pobres de espírito, que não vivem muito e nem sofrem muito porque vivem nessa penumbra cinzenta, sem conhecer vitória nem derrota."

Theodore Roosevelt

Presidente dos EUA, 25° e 26° (1901-1909)

(27 de outubro de 1858 a 6 de janeiro de 1919)

Comentários

Aline  - 05/06/2015

Que coragem de falar de cooptação com um texto tão mentiroso e imparcial. Melhore.

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 580Exibido 943 vezesFale com o autor