Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
121 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56485 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9845)
Crônicas (21813)
Discursos (3122)
Ensaios - (9984)
Erótico (13198)
Frases (41521)
Humor (17698)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136971)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4478)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Reflexão na Realidade -- 14/10/2005 - 09:33 (André Luiz Gonçalves da Rocha) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Não é justo!
Crianças na rua.
Não é justo!
A verdade nua e crua.
Não é justo!
A polícia não atua.
Não é justo!
A maldade nunca recua.

Não é justo!
Crianças assassinadas.
Não é justo!
A verdade ocultada.
Não é justo!
A polícia mascarada.
Não é justo.
A maldade espalhada.

Não é justo!
Crianças mortas no chão.
Não é justo!
A verdade sem razão.
Não é justo!
Polícia = ladrão. (perdão às exceções!)
Não é justo!
A maldade e a realidade da situação.
Comentários

Leo Gomes  - 15/03/2011

Nada é justo, nada se ajusta amigo poeta, mas temos que continuar em frente, um grande abraço.

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui