Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56600 )
Cartas ( 21127)
Contos (12498)
Cordel (9854)
Crônicas (21849)
Discursos (3121)
Ensaios - (9994)
Erótico (13199)
Frases (41604)
Humor (17727)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->O CAÇADOR DE MARAJÁS -- 16/04/2009 - 14:03 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Não quero reparar um dano público que a gentil

pátria amada causou a um filho deste solo.

Apenas lembrar que as milhares de casas-lotéricas

que fazem serviços bancários até às 19:00h, de

segunda a sexta-feira e nos sábado até ao meio

dia, em muitas cidades brasileiras foi criação do

ex-presidente Fernando Collor de Mello.


A abertura dos portos que permitiu a entrada de

carros importados e mandou nossas “carrocinhas”

para o obsoleto foi também na gestão Collor.


Também o único impeacheman aplicado no Brasil,

recaiu sobre os ombros do Caçador de Marajás.


Agora, 16 anos depois, veja a declaração do

Senador Pedro Simon - grande vulto brasileiro.


"Sou obrigado a reconhecer que,com toda a

corrupção que teve de um tempo para cá,

o que encontramos no governo Collor

deveríamos ter enviado para o juizado

de pequenas causas".

(Pedro Simon).


Afinal de contas, o Senador disse que

a corrupção no governo Collor foi pequena,

ou a corrupção no governo atual é grande demais?



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 846 vezesFale com o autor